Cripto

Projeto de criptomoedas escaneou olhos de 130 mil candidatos

Objetivo é evitar que usuários criem contas duplicadas para reivindicar seu token

Basta fazer um escaneamento da sua íris
Por Joanna Ossinger
23 de Outubro, 2021 | 01:27 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Um projeto que visa colocar criptomoedas nas mãos do maior número possível de pessoas recebeu mais de 130 mil inscrições até agora – em troca, os inscritos só precisam escanear seu globo ocular.

A Worldcoin, apoiada por empresas como Andreessen Horowitz e cofundada pelo ex-chefe da Y Combinator Sam Altman, afirmou em publicação em seu site na quinta-feira (21) que cerca de 60 mil inscrições ocorreram nas últimas quatro semanas. A razão para escanear os globos oculares é que a startup está usando o reconhecimento de íris para se certificar de que as pessoas que receberem as criptomoedas não estão se cadastrando várias vezes.

“Ainda é cedo, mas os resultados desses testes de campo nos deixam otimistas de que a Worldcoin em breve conectará o primeiro bilhão de usuários em uma rede de criptomoedas coletiva”, disse a publicação.

Veja mais: Bitcoin: Estrategistas projetam criptomoeda em US$ 100 mil até o fim do ano

PUBLICIDADE

A Worldcoin tem oferta fixa de 10 bilhões de tokens, e 20% serão utilizados para financiar a produção de scanners para íris Orb e para desenvolver o protocolo inicial, e o resto ficará reservado para usuários e operadores que estão auxiliando no lançamento da Worldcoin por meio do protocolo. O número de tokens por cadastro vai diminuir com o tempo, disse a Worldcoin.

O escaneamento de íris é utilizado por conter informações suficientes para distinguir pessoas com precisão, observou a empresa. Contudo, ela afirmou que as contas dos usuários nunca serão associadas aos dados biométricos. Além disso, os dispositivos Orb são capazes de resistir a atividades fraudulentas, como spoofing e adulteração, segundo a empresa.

Embora a queda na contagem do token ao longo do tempo seja um incentivo para adoção antecipada, o valor de cada um se torna difícil de especificar.

A Worldcoin está avaliada em cerca de US$ 1 bilhão, segundo o CoinDesk. A capitalização de mercado do Bitcoin é de cerca de US$ 1,2 trilhão.

PUBLICIDADE

Leia também

Ex-BC: Guedes abandonou agenda liberal e embarcou na campanha

Dívida brasileira está ficando mais cara e isso pode afetar percepção de risco

Proposta que altera teto avança na Câmara após disparada do dólar e juros

PUBLICIDADE