Mercados

Semana deve começar com cautela antes de indicadores: Principal do dia

Breakfast: Negociações para o Auxílio Brasil, indicadores de inflação e o avanço da vacinação marcam a semana

Mercados começam outubro com cautela
04 de Outubro, 2021 | 09:08 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Os mercados internacionais dão um pontapé misto na semana nesta segunda-feira (4), com investidores calibrando posições para outubro antes de uma série de índices econômicos, que serão observados com cautela para sinais da recuperação local.

Veja mais: Primeiros negócios com ações sinalizam rumo errático e cauteloso

Por aqui, os olhos se voltam para uma possível extensão do Auxílio Emergencial e para as negociações em torno do Auxílio Brasil. Na última semana, o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou atrás na fala de que o Auxílio Emergencial seria estendido até o final do ano.

  • Futuros americanos operam em queda, com Dow Jones (-0,36%), S&P 500 (-0,41%) e Nasdaq (-0,53%)
  • As bolsas asiáticas fecharam mistas, com Tóquio/Nikkei 225 (-1,13%), Hong Kong/Hang Seng (-2,19%) e Xangai (+0,9%)
  • Por aqui, na segunda, o Ibovespa fechou em alta de 1,73%, aos 112.899,64 pontos. O dólar fechou em queda de 1,26%, a R$ 5,37.

Direto de Brasília (e outros lugares)

O ministro da Fazenda, Paulo Guedes, é o controlador de uma empresa offshore nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal no Caribe. A revelação foi feita pela revista Piauí neste domingo, com base em documentos vazados conhecidos como Pandora Papers.

PUBLICIDADE
  • O ministro confirma a existência da offshore, mas nega que haja irregularidade porque ela foi declarada à Receita Federal e à Comissão de Ética Pública, no momento em que assumiu o cargo, em 2019.
  • Segundo a revista, a abertura da Dreadnoughts International ocorreu em 2014, cinco anos antes de Guedes assumir o ministério. A conta da empresa em agência do banco Credit Suisse, em Nova York, recebeu US$ 9,55 milhões (R$ 51 milhões hoje). Na época dos aportes mencionados pela revista, Paulo Guedes era sócio da corretora Bozano Investimentos no Rio.
  • Roberto Campos Neto (Banco Central) também é dono de offshore, segundo os documentos do Pandora Papers.
  • É importante acompanhar o grau de nível ruído político com a informação em torno de eventuais conflitos de interesse. O líder da oposição na Câmara, Alessandro Molon (PSB-RJ), quer a convocação dos dois para darem explicações aos deputados.
  • No domingo, 237 mortes por Covid-19 foram registradas no país. Ao todo, já são 597.986 brasileiros mortos pela doença.

Enquanto você dormia

O Ministério do Turismo anunciou neste sábado (2) que vai liberar nos próximos dias a volta dos cruzeiros turísticos no Brasil. O ministro Gilson Machado (Turismo) disse, em seu Twitter, que o órgão já enviou uma portaria para a publicação no Diário Oficial.

As manchetes dos jornais:

  • Valor: Regra trava importação e deve encarecer alimentos
  • Folha: Educação dos mais pobres dispara, mas crise econômica destrói renda
  • Estadão: Caso Prevent Senior expõe vulnerabilidade dos clientes e baixo controle sobre planos de saúde
  • O Globo: Caso Hapvida: Médico detalha assédio por cloroquina em operadora e recusa a fazer testes de Covid-19
  • NYT: 18,000 Shots Given to N.Y.C. School Employees Ahead of Vaccine Deadline
  • WSJ: Broader Inflation Pressures Are Beginning to Show
  • Washington Post: For Democrats and the Biden agenda, it’s becoming a matter of trust

Agenda do dia

Indicadores Brasil: IPC-Fipe (5h); Pesquisa Focus (8h25)

Indicadores EUA: Encomendas à Indústria (11h)

  • Jair Bolsonaro: Demonstração de Lançamento de Armas pela Esquadra (14h30); evento alusivo ao Navio de Apoio Antártico (NApAnt) (18h20)
  • Paulo Guedes (Economia): Participa da Mesa de Abertura da 1ª Semana Orçamentária do TCU (9h30); reunião com o secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal (11h); reunião com o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Paes de Andrade (18h)
  • Roberto Campos Neto (Banco Central): Palestra na Reunião do Conselho Político e Social (COPS), da Associação Comercial de São Paulo (10h); Videoconferência com representantes da Stone e Arpex Investimentos (15h30); Participa de Live do Valor Econômico (16h30); Videoconferência com Mario Lima, Senior Analyst Brazil da Medley Global Advisors (18h)

--Com colaboração de Michelly Teixeira

Ana Siedschlag

Ana Carolina Siedschlag

Editora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero e especializada em finanças e investimentos. Passou pelas redações da Forbes Brasil, Bloomberg Brasil e Investing.com.

Graciliano Rocha

Graciliano Rocha

Editor da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista formado pela UFMS. Foi correspondente internacional (2012-2015), cobriu Operação Lava Jato e foi um dos vencedores do Prêmio Petrobras de Jornalismo em 2018. É autor do livro "Irmã Dulce, a Santa dos Pobres" (Planeta), que figurou nas principais listas de best-sellers em 2019.

PUBLICIDADE