Mercados

Ibovespa abre instável, enquanto alta das commodities ameniza perdas

Exterior misto e preocupações fiscais domésticas pesam no sentimento no início da semana; altas do petróleo e minério de ferro impedem perdas maiores

Mercado monitora questão fiscal doméstica, enquanto mercados lá fora operam mistos
27 de Setembro, 2021 | 11:07 am
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — O principal índice da B3 abriu a sessão desta segunda-feira (27) em queda, com bancos e Usiminas entre as maiores contribuições negativas, enquanto a abertura mista das bolsas nos Estados Unidos também não contribuem tanto para a melhora. O dólar oscila neste início, enquanto o mercado avalia a decisão do Banco Central de realizar leilões adicionais de swap cambial para atender a demanda de bancos.

As ações da Vale avançavam cerca de 0,27% perto das 10h30, seguindo a alta do minério de ferro no exterior, cuja cotação superou US$ 120 a tonelada, recuperando-se do nível mais baixo em mais de um ano da última semana.

Investidores voltaram a apostar na commodity com a perspectiva de aumento dos estoques das siderúrgicas antes de um feriado prolongado na China. Por aqui, as ações da CSN, Usiminas e Gerdau acompanhavam o movimento.

Enquanto isso, a Usiminas anunciou ter paralisado as operações do Alto Forno por um período de 90 a 150 dias após um incidente ocorrido no equipamento localizado na usina de Ipatinga (MG), no Vale do Aço, na última sexta-feira (24).

PUBLICIDADE
  • O Ibovespa caía 0,08% perto das 10h30, a 113.192 pontos, após tocar a mínima aos 112.713 pontos
  • O dólar oscilava, marcando queda de 0,12%, aos R$ 5,337 no mesmo horário, enquanto a curva de juros avançava. O DI para janeiro próximo subia 1 ponto-base, para 7,140%, e o vencimento para janeiro de 2027 avançava 7 pontos-base, para 10,520%
  • As bolsas americanas operavam em direções mistas: o Dow Jones subia 0,67%, enquanto o Nasdaq e o S&P 500 caíam 0,93% e 0,20%, respectivamente

Contexto

Nos EUA, uma liquidação de títulos levou o rendimento dos Treasuries de 10 anos brevemente acima de 1,5% - um nível não visto desde junho. Isso fez com que o Nasdaq 100 de grandes empresas de tecnologia, como a Apple e Microsoft, tivesse um desempenho inferior aos principais benchmarks de ações na abertura de hoje. Enquanto isso, empresas economicamente sensíveis - como small caps, energia e ações financeiras - avançam.

Os traders elevaram as apostas em um aumento na taxa de juros americana depois que o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, disse que o banco central poderia começar a reduzir suas compras de ativos em novembro, enquanto as autoridades atualizavam suas previsões - mostrando que metade deles vê um aperto até o final de 2022.

Por aqui, as questões fiscais seguem assombrando os mercados. Mais cedo, o ministro Paulo Guedes falou em um evento no Planalto, reforçando o compromisso fiscal.

“Nos foram pedidos um reforço do Auxílio Emergencial. O Auxílio Brasil, com responsabilidade fiscal, dentro do Teto de Gastos, exige apoio do Congresso. Esse reforço exige a cooperação dos poderes. Precisamos do Congresso e de uma interpretação do Supremo mais tarde, porque a PEC dos Precatórios nos abre espaço fiscal, e o imposto de renda é a fonte de recursos para o Auxílio Brasil. São duas medidas complementares que nos permitem estender a mão para a população.”

PUBLICIDADE

-- Com informações de Bloomberg News

Leia também

China promete frear ‘expansão desordenada’ de empresas tech

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

Ana Siedschlag

Ana Carolina Siedschlag

Editora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero e especializada em finanças e investimentos. Passou pelas redações da Forbes Brasil, Bloomberg Brasil e Investing.com.