PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Green

ONU: Mudança climática é ‘pior do que imaginávamos’

Efeitos do aquecimento global avançam mais rápido que o estimado; metas do Acordo de Paris ainda não estão próximas de serem cumpridas

Incêndios florestais são consequência do aquecimento global
Por Will Wade
17 de Setembro, 2021 | 02:54 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A mudança climática está afetando o planeta com mais força e mais cedo do que o esperado, e os esforços para desacelerá-la ainda não são agressivos o suficiente, segundo as Nações Unidas.

O relatório United in Science 2021, publicado na quinta-feira (16), compila as descobertas mais recentes de várias agências climáticas e grupos de pesquisa e documenta as mudanças preocupantes na atmosfera da Terra. O nível do mar subiu 20 centímetros de 1900 a 2018, e as temperaturas globais médias aumentaram pelo menos 1,06°C em relação a níveis pré-industriais.

PUBLICIDADE

Isso está provocando desastres naturais devastadores este ano, incluindo incêndios florestais na Europa e na Sibéria, inundações na Alemanha e ondas de calor escaldantes nos EUA e no Canadá.

Veja mais: Energia solar nos EUA precisaria quadruplicar para rede elétrica se tornar zero carbono

A perturbação em nosso clima e em nosso planeta já é pior do que pensávamos e está evoluindo mais rápido que o previsto”, disse o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, em um vídeo que acompanha o relatório. “Continuamos destruindo as coisas das quais dependemos para viver na Terra”.

PUBLICIDADE

Os pesquisadores alertaram que manter a tendência de aquecimento em no máximo 1,5°C é fundamental para prevenir os piores efeitos da mudança climática. No entanto, isso exigiria que as emissões globais fossem reduzidas à metade até 2030, e os governos não estão próximos disso.

Estamos longe de atingir as metas do Acordo de Paris, firmado há cinco anos”, disse Guterres.

O relatório foi compilado pela Organização Meteorológica Mundial e incluiu pesquisas de grupos como o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, a Organização Mundial da Saúde e o Global Carbon Project.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

Fundos buscam profissionais que realmente entendam regras ESG

PUBLICIDADE

Vale e mineradora asiática entram em projeto para acelerar mineração no Brasil

Por que a expectativa do mercado sobre o Brasil caiu tão rápido?

PUBLICIDADE