PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

Indonésia encerra cooperação com Noruega para reduzir emissões

País escandinavo concordou em pagar à Indonésia até US$ 1 bilhão como parte da iniciativa REDD+

Indonésia reduziu as emissões em 11,2 milhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente (CO2eq) durante 2016-17
Por Eko Listiyorini e Rieka Rahadiana
11 de Setembro, 2021 | 02:35 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Indonésia abandonou os planos de cooperar com a Noruega na redução de suas emissões de gases de efeito estufa, disse o Ministério das Relações Exteriores do país em um comunicado divulgado na sexta-feira.

A Noruega concordou em pagar ao país do sudeste asiático até US$ 1 bilhão para cortar as emissões do desmatamento e degradação florestal como parte da iniciativa REDD+ . Os países co-assinaram uma carta de intenções em 2010.

PUBLICIDADE

Veja mais: Energia solar nos EUA precisaria quadruplicar para rede elétrica se tornar zero carbono

O Ministério das Relações Exteriores disse que a Indonésia reduziu as emissões em 11,2 milhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente (CO2eq) durante 2016-17 e citou a falta de progresso no recebimento de pagamentos como uma razão para rescindir o acordo. No ano passado, a Noruega anunciou que pagaria US$ 61 milhões por uma redução de aproximadamente 4,8 milhões de toneladas de CO2eq em 2016-17, uma vez que os números foram verificados de forma independente. O reembolso seria o primeiro do país escandinavo no esquema.

A Iniciativa Climática e Florestal Internacional da Noruega disse em um comunicado que o aviso formal de rescisão foi recebido e que o governo considerou as negociações “construtivas e progredindo bem, dentro das estruturas estabelecidas pelos limites regulatórios de nossos dois países”.

PUBLICIDADE

Veja mais: Como o furacão Ida comprometeu tanto o abastecimento de petróleo nos EUA

No ano passado, a Indonésia garantiu $ 103,8 milhões do Fundo Verde para o Clima no âmbito da iniciativa REDD+, depois de reduzir as emissões em 20,3 milhões de toneladas de CO2eq entre 2014 e 2016.

A Indonésia afirmou que continua comprometida com a redução das emissões e observa que fez progressos significativos no cumprimento de suas obrigações sob o Acordo de Paris.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Nationwide corta seguro de viagem gratuito para clientes na Europa

PUBLICIDADE

Credit Suisse pede ‘mais pressão’ sobre classificações ESG

Vendas de etanol caem 9,8% em agosto

PUBLICIDADE