Negócios

Aneel mantém bandeira tarifária vermelha nível 2 para setembro

Valores das bandeiras tarifárias estão em análise e serão divulgados posteriormente, informou a agência

Preço da energia deve subir a partir de setembro
27 de Agosto, 2021 | 09:15 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu manter a chamada bandeira tarifária vermelha, no segundo patamar, para as contas de luz em setembro. A agência informou que o país está com capacidade reduzida de produção hidrelétrica e precisa acionar ao máximo as termelétricas, pressionando os custos e o preço da energia.

A Aneel afirmou que os valores das bandeiras tarifárias estão em análise e serão divulgados posteriormente.

“Agosto foi mais um mês de severidade para o regime hidrológico do Sistema Interligado Nacional (SIN). O registro sobre as afluências às principais bacias hidrográficas continuou entre os mais críticos do histórico”, informou a agência em nota.

Leia mais: Guedes sinaliza energia elétrica mais cara em setembro

PUBLICIDADE

Segundo a agência, a perspectiva para setembro não deve se alterar significativamente, com os principais reservatórios do SIN atingindo níveis consideravelmente baixos para essa época do ano.

Reportagem do jornal O Globo informou mais cedo, sem citar fontes, que a bandeira tarifária deve subir de R$ 9,49 para um valor entre R$ 14 e R$ 15 a partir de setembro, um aumento entre 50% e 58%. A decisão será informada até o dia 31. Em julho, o governo elevou a bandeira tarifária vermelha em 52%.

Leia mais



Toni Sciarretta

Toni Sciarretta

News director da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista com mais de 20 anos de experiência na cobertura diária de finanças, mercados e empresas abertas. Trabalhou no Valor Econômico e na Folha de S.Paulo. Foi bolsista do programa de jornalismo da Universidade de Michigan.

PUBLICIDADE