promo
Negócios

Rede D’Or paga mais R$ 350 mi e conclui aquisição de 100% do Hospital Aliança na Bahia

Grupo hospitalar do Rio de Janeiro totaliza desembolso de R$ 1,15 bi em compra da unidade, que receberá investimentos para expansão do atendimento e modernização de infraestrutura

Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — A Rede D’Or concluiu a aquisição de 20% do Hospital Aliança por R$ 350 milhões, tornando-se proprietária de 100% da unidade hospitalar. Com isso, o negócio totalizou um desembolso de R$ 1,150 bilhão, anunciou a companhia nesta sexta-feira (20).

A previsão de receita para o Hospital Aliança no ano de 2022 é de R$ 700 milhões, com Ebitda (lucro operacional) projetado de R$ 200 milhões, segundo comunicado divulgado pela Rede D’Or.

Veja mais: Alliar tem maior alta da Bolsa após oferta da Rede D’Or

A aquisição foi feita pela afiliada Hospital Esperança. “Foi distratado o Acordo de Acionistas do Hospital Aliança entre o Hospital Esperança e a Aliança da Bahia; e foi celebrado um Acordo de Acionistas do Hospital Esperança entre a Rede D’Or e a Aliança da Bahia (que subscreveu uma ação preferencial classe A de emissão do Hospital Esperança), dispondo sobre o exercício de certos direitos políticos relacionados ao Hospital Aliança”, informou a Rede D’Or.

Veja mais: Rede D’Or fecha parceria inédita com a Vale

Em 17 de fevereiro, a companhia havia anunciado o acordo para a compra de 80% Hospital Aliança. Os 20% restantes estavam com a companhia fundadora. A parceria irá permitir a expansão do hospital situado na Bahia, com previsão de aumento de capacidade de atendimento, ampliação de infraestrutura e incorporação de novas tecnologias. Uma nova unidade será construída. Fundado em 1990, o Hospital Aliança possui 203 leitos.

Avanço

A conclusão do negócio na Bahia é mais um passo do plano de expansão da Rede D’Or. No início desta semana, o conglomerado que possui mais de 100 ativos na área de saúde, entre hospitais e clínicas, anunciou uma oferta pública de aquisição (OPA) da Alliar, dona de 15 marcas, entre elas o laboratório CDB. A avaliação de analistas é que a Rede D’Or deve seguir com aquisições para consolidar o setor de saúde, tornando-se um dos seus principais players.

Leia mais

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.