Quem são os brasileiros do setor financeiro entre os 500 mais influentes de LatAm

Dos bancos tradicionais de varejo a nativos digitais e outros do mercado de capitais, representantes do mundo das finanças ganham destaque entre os mais influentes da América Latina

As 500 pessoas mais influentes da América Latina 2023
22 de Setembro, 2023 | 08:48 AM

Bloomberg Línea — O setor financeiro do Brasil avançou, nos últimos anos, em sua jornada de transformação digital, de olho nas novas necessidades dos clientes hiperconectados. A competição entre bancos incumbentes e fintechs resultou em uma oferta mais ampla de serviços e produtos para os brasileiros.

Nesse cenário de mudanças, as maiores instituições financeiras conseguiram acelerar seus planos de digitalização com investimentos em desenvolvimento tecnológico, acompanhando a onda de inovação acelerada pelos bancos digitais. Por outro lado, o contexto de inflação e juros elevados nos últimos anos trouxe de volta o desafio da inadimplência, uma batalha que o sistema bancário ainda tenta superar.

Os 500 mais influentes da América Latina em 2023

Os principais nomes do setor financeiro do Brasil ganham destaque na nova edição da lista das 500 pessoas mais influentes da América Latina, divulgada pela Bloomberg Línea na última segunda-feira (18). Entre os brasileiros ligados à indústria das finanças estão altos executivos que conduzem os maiores bancos do país, além de corretoras e plataformas de investimentos.

Milton Maluhy Filho, CEO do Itaú Unibanco, Octavio de Lazari Junior, CEO do Bradesco, Mario Leão, CEO do Santander Brasil, Tarciana Medeiros, CEO do Banco do Brasil, Rita Serrano, CEO da Caixa Econômica, Cristina Junqueira, co-fundadora do Nubank (NU) e Marcelo Kalim, CEO do C6 Bank, são alguns dos nomes que representam o sistema bancário na lista dos 500.

PUBLICIDADE

À frente do maior banco de investimento do país, Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual (BPAC11), também está na lista, bem como o chairman e um dos fundadores da instituição, André Esteves. Nessa área, outro destaque é Guilherme Benchimol, co-fundador e chairman da XP (XP).

Bankers em altos cargos de instituições estrangeiras também foram incluídos, como Sylvia Coutinho, CEO do UBS Brasil, Alexandre Bettamio, nomeado em junho co-head global de Investment Banking do BofA (Bank of America), e Daniel Darahem, CEO do JPMorgan para o Brasil, e Ricardo Lacerda, CEO do BR Partners.

A lista traz ainda Pedro Moreira Salles, chairman do Itaú, Flávio Souza, CEO do Itaú BBA, Helena Caldeira, CSO do Inter, e Igor Puga, que lidera a estratégia de marketing do Santander Brasil como CMO (Chief Marketing Officer), entre outros nomes do setor financeiro.

PUBLICIDADE

-- Atualizada às 13h50 do dia 23 de setembro

Leia também

Quem são os 179 brasileiros entre os 500 mais influentes da América Latina

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.