Mercados

Wall Street abre em alta com dados positivos do varejo; Ibovespa descola e recua

S&P 500 e Nasdaq operam com ganhos aproximados de 1% com sinalização de força do consumo dos americanos; dólar sobe quase 1%, para R$ 5,45

Inicia el segundo semestre del año
15 de Julho, 2022 | 11:13 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Os principais índices de ações de Nova York operam em alta perto de 1% nesta manhã de sexta-feira (15), depois que novos dados revelaram um crescimento acima do estimado nas vendas do varejo dos Estados Unidos em junho. O indicador representa algum alívio de que a economia americana poderá evitar uma recessão nos próximos meses, embora essa previsão seja cada vez menos consensual.

O S&P 500 subia 1,22%, enquanto o Nasdaq avançava 0,94%, perto das 11h (de Brasília).

Projeções de mercado indicavam um avanço de 0,9% nas vendas do comércio na maior economia do mundo em junho, mas o crescimento foi de 1%, impulsionado por gastos com gasolina e outros produtos.

No Brasil, por outro lado, o Ibovespa abriu em queda na casa de 0,50%, impactado pelo recuo da ação com maior peso no índice, a Vale (VALE3), que opera com desvalorização aproximada de 1,5% por volta das 11h, na esteira de novo tombo nas cotações do minério de ferro.

PUBLICIDADE

O dólar opera mais uma vez na semana com valorização: a alta de 0,78% perto das 11h20 levava a cotação da moeda no câmbio comercial para R$ 5,45.

- Em atualização.

Leia também:

Itaú e Bradesco vs. Nubank: o que esperar do impacto da crise nos balanços

Vale em alerta: minério de ferro estende tombo com temor de boicote na China