Lula se reúne com bilionários e banqueiros para discutir eleição

João Moreira Salles, do Itaú, Luiz Carlos Trabuco Cappi, do Bradesco e Luiza Trajano, da Magazine Luiza, estavam entre os convidados

Lula intensificou os encontros com a elite empresarial e financeira do Brasil nas últimas semanas
Por Simone Iglesias
05 de Julho, 2022 | 06:45 PM

Bloomberg — O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva almoçou com alguns dos mais ricos e poderosos executivos de bancos e empresas do Brasil nesta terça-feira (5), o mais recente de uma série de encontros para dissipar preocupações sobre a condução de sua política econômica, se eleito em outubro.

Entre os convidados estavam Carlos Alberto Sicupira, da 3G Capital; João Moreira Salles, do Itaú Unibanco (ITUB4); Luiz Carlos Trabuco Cappi, do Banco Bradesco (BBDC4); Luiza Trajano, do Magazine Luiza (MGLU3), além de Dan Ioschpe, Jacyr Costa, Fabio Coelho, Josue Gomes e Rafael Cervone, disseram duas pessoas familiarizadas com o encontro, que pediram anonimato porque o evento não era público.

O ex-presidente estava acompanhado de seu companheiro de chapa Geraldo Alckmin, do ex-ministro Fernando Haddad, que é candidato a governador de São Paulo, e do economista Aloizio Mercadante, que coordena o programa econômico de Lula na Fundação Perseu Abramo.

Um participante do encontro descreveu o almoço como uma discussão de alto nível e necessária com o setor produtivo, com um resultado muito positivo.

PUBLICIDADE

Lula intensificou os encontros com a elite empresarial e financeira do Brasil nas últimas semanas, apresentando-se como um líder de esquerda moderada e lembrando o bom relacionamento que teve com o empresariado durante os oito anos em que esteve no poder.

Em público, no entanto, o ex-presidente criticou os banqueiros e disse em uma entrevista a uma rádio na última sexta-feira ter certeza de que nenhum deles votará nele.

O almoço aconteceu na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), embora não tenha sido patrocinado pela entidade. A federação receberá Lula para um evento oficial com os empresários filiados a Fiesp no dia 9 de agosto.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Loft corta 12% das vagas e chega a 543 demitidos

Por que o Ministério da Justiça começou a investigar 5 agências de viagem?