Cripto

Queda de 60% do bitcoin e demora para retomada ameaçam futuro de mineradoras

Operadoras menores e com fluxo de caixa negativo compraram computadores caros que consomem muita energia apostando na alta do criptoativo

"Está se tornando cada vez mais difícil produzir bitcoin e menos lucrativo vender”, disse a gestora de ativos digitais CoinShares
Por David Pan
11 de Junho, 2022 | 04:13 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A pressão sobre as mineradoras de bitcoin (BTUSD) aumenta com a queda da criptomoeda.

O custo de cunhar bitcoin excede o potencial de receita agora que o preço do ativo digital caiu 57% em relação à máxima de novembro. Várias operadoras menores e com fluxo de caixa negativo compraram computadores caros que consomem muita energia em uma aposta que o bitcoin se valorizaria. Elas começaram a vender a moeda para manter suas operações e, para alguns, se as condições piorarem, podem ter que vender suas máquinas.

No Texas, um dos maiores centros de mineração de criptomoedas do mundo, uma onda de calor recorde pode reduzir as operações intensivas em energia das mineradoras e comprimir ainda mais as margens de lucro.

À medida que a demanda por energia para ar condicionado aumenta no estado americano, as mineradoras pagam mais por eletricidade e podem ter que desligar as máquinas para cumprir um programa de eficiência energética.

PUBLICIDADE

Está se tornando cada vez mais difícil produzir bitcoin e menos lucrativo vender”, disse a gestora de ativos digitais CoinShares em um relatório. “A lucratividade da mineração está, portanto, começando a diminuir, deixando-nos cada vez mais perto de uma quebradeira no setor.”

Bitcoin caiu 57% em relação à máxima de novembrodfd

A mineração de criptomoedas pode ser altamente lucrativa durante um mercado de alta, como no final de 2021, quando o preço do bitcoin era maior que o custo para criá-lo.

“Se a tendência de preço e dificuldade se estender por muito tempo, a receita de mineração pode cair abaixo de um limite em que apenas um conjunto concentrado de participantes do setor terá fluxo de caixa positivo”, disse a CoinShares.

A acumuladora de bitcoin Riot Blockchain e outras mineradoras de grande porte de capital aberto, como a Argo Blockchain e a Core Scientific, começaram a vender suas moedas para cobrir custos. A mineradora menor Cathedra Bitcoin, recentemente vendeu quase todas as suas moedas para pagar as contas.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Jack Dorsey e Jay-Z lançam curso gratuito focado em bitcoin