PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cripto

Lagarde diz que criptos não valem nada e devem ser regulamentadas

Presidente do Banco Central Europeu se preocupa com investidores que não entendem os riscos, perderão tudo e ficarão terrivelmente desapontadas

“Minha avaliação muito humilde é que não vale nada, não se baseia em nada, não há ativo subjacente para atuar como âncora de segurança"
Por Cagan Koc
21 de Maio, 2022 | 08:41 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, disse que as criptomoedas “não se baseiam em nada” e devem ser regulamentadas para evitar que as pessoas especulem sobre elas com suas economias.

PUBLICIDADE

Lagarde disse à televisão holandesa que está preocupada com as pessoas “que não entendem os riscos, que perderão tudo e ficarão terrivelmente desapontadas, e é por isso que acredito que isso deve ser regulamentado”.

Os comentários ocorrem em meio a tempos difíceis para os mercados de criptomoedas, com as moedas digitais Bitcoin (BTUSD) e Ether (ETUSD) caindo 50% em relação ao pico do ano passado. Ao mesmo tempo, a classe de ativos está enfrentando um escrutínio mais rígido de reguladores preocupados com os perigos que podem representar para o sistema financeiro mais amplo.

PUBLICIDADE

Lagarde disse que é cética em relação ao valor da criptomoeda, contrastando-a com o euro digital do BCE – um projeto que pode se concretizar nos próximos quatro anos.

“Minha avaliação muito humilde é que não vale nada, não se baseia em nada, não há ativo subjacente para atuar como âncora de segurança”, disse ela.

“O dia em que tivermos a moeda digital do banco central, qualquer euro digital, eu garanto – então o banco central estará por trás disso e acho que é muito diferente de muitas dessas coisas”, disse Lagarde.

Outros funcionários do BCE já manifestaram preocupações. Um deles é o membro do Conselho Executivo Fabio Panetta, que disse em abril que os criptoativos “estão criando um novo Oeste Selvagem” e traçou paralelos com a crise das hipotecas subprime de 2008.

Lagarde disse que não possui ativos cripto porque “quero praticar o que prego”. Mas ela os segue “com muito cuidado” como um de seus filhos investiu – contra seu conselho. “Ele é um homem livre”, disse ela.

PUBLICIDADE

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Queridinho da Faria Lima, Nino Cucina terá 17 novas casas após aporte da XP

Exclusivo: CEOs das teles, alunos tech e coca zero. Os bastidores de Musk no Brasil