Negócios

Novo CFO da Moderna dura apenas um dia no cargo

Jorge Gómez abandonou o novo cargo apenas um dia depois de assumi-lo após o início de uma investigação em sua empresa anterior

Saída de Gomez acontece depois que a Dentsply Sirona, sua antiga empresa, noticiou uma investigação interna sobre relatórios financeiros
Por Bloomberg News e John Lauerman
11 de Maio, 2022 | 02:33 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O CFO da Moderna (MRNA) Jorge Gomez, deixou seu cargo na fabricante de vacinas contra a covid-19 apenas um dia depois de assumi-lo, depois que uma investigação interna em seu ex-empregador foi aberta.

A saída de Gomez na terça-feira (10) ocorre depois que a Dentsply Sirona noticiou uma investigação interna sobre questões relacionadas a relatórios financeiros, de acordo com a Moderna. Gomez foi CFO da Dentsply por quase três anos. O recém-aposentado diretor financeiro da Moderna, David Melina, assumirá o cargo enquanto a empresa procura um novo diretor financeiro, disse a fabricante de vacinas nesta quarta-feira (11).

A Moderna contratou Gómez em abril, quando o CEO da empresa, Stéphane Bancel, citou sua paixão pela sustentabilidade, que se alinha à visão de responsabilidade corporativa da empresa, como parte fundamental de sua missão.

A Dentsply Sirona, fabricante de instrumentos e sistemas odontológicos, disse que seu comitê de auditoria e finanças está investigando alegações sobre o uso de incentivos pela empresa para vender produtos a distribuidores e outras ações para atingir as metas de remuneração dos executivos.

PUBLICIDADE

A Moderna disse que soube da investigação por meio do registro regulatório da Dentsply.

– Esta notícia foi traduzida por Melina Flynn, Content Producer da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE

China detona chefe da OMS por críticas à política de covid zero do país

13 ações para se proteger contra a inflação, segundo analistas

PUBLICIDADE