Mercados

Índices dos EUA ficam perto da estabilidade após dados da inflação

Expectativa é que o Federal Reserve pode ter que ser mais agressivo com aumentos de juros para conter as pressões sobre os preços

Os futuros do S&P 500 caíam 0,6% às 9h42, horário de Brasília
Por Rita Nazareth
11 de Maio, 2022 | 10:03 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — As ações americanas se recuperavam depois de se aproximarem de níveis quase sobrevendidos, com os comerciantes avaliando os últimos dados de inflação dos EUA em relação às perspectivas para a política do Federal Reserve. O dólar caía, enquanto os títulos do Tesouro flutuavam.

O núcleo do índice de preços ao consumidor, que exclui alimentos e energia, aumentou 0,6% em relação ao mês anterior e 6,2% em relação a abril de 2021, segundo dados do Departamento do Trabalho divulgados na quarta-feira (1). O IPC mais amplo subiu 0,3% em relação ao mês anterior e 8,3% em base anual, ainda entre as leituras mais altas em décadas.

O núcleo do índice de preços ao consumidor, que exclui alimentos e energia, aumentou 0,6% em relação ao mês anterior e 6,2% em relação a abril de 2021.

O S&P 500 caiu mais de 15% este ano, mas pode estar em risco de queda adicional para 3.600 pontos - um recuo de 10% em relação ao fechamento de terça-feira (10) - antes de atingir um nível de suporte técnico historicamente importante.

PUBLICIDADE

A queda nas ações ainda não acabou, de acordo com o estrategista do Morgan Stanley, Michael Wilson, que vê espaço para as ações se corrigirem ainda mais em meio a preocupações crescentes de desaceleração do crescimento.

“Continuamos acreditando que o mercado de ações dos EUA não está precificado para essa desaceleração do crescimento em relação aos níveis atuais”, disse Wilson em nota. “Esperamos que a volatilidade das ações permaneça elevada nos próximos 12 meses.” Ele recomenda um posicionamento defensivo com excesso de peso em ações de saúde, utilidades e imóveis.

Ações

  • S&P 500 subia 0,2% às 11h, horário de Brasília
  • Nasdaq 100 caíam 0,2%
  • Dow Jones Industrial Average subia 0,3%
  • O Stoxx Europe 600 subia 1,1%

Moedas

  • O Bloomberg Dollar Spot Index caía 0,5%
  • O euro avançava 0,4%, para US$ 1,0568
  • A libra britânica subia 0,6%, para US$ 1,2390
  • O iene japonês subia 0,3% para 130,64 por dólar

Títulos

  • O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos operava perto da estabilidade, a 2,99%
  • O rendimento de 10 anos da Alemanha subia para 1,03%
  • O rendimento de 10 anos do Reino Unido avançava seis pontos base para 1,88%

Commodities

  • O petróleo bruto West Texas Intermediate subia 5,2%, para US$ 104,94 o barril
  • Futuros de ouro subiam 0,7%, para US$ 1.854,30 a onça

--Com a colaboração de Sunil Jagtiani, Andreea Papuc, John Viljoen, Srinivasan Sivabalan e Vildana Hajric

PUBLICIDADE