PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Em dia de Fed e Copom, Ibovespa opera em baixa

Perspectiva de aperto nas políticas monetárias nos EUA e aqui adiciona volatilidade aos mercados; Vale lidera queda na bolsa

Sede do Federal Reserve, a autoridade monetária dos EUA, em Washington
04 de Maio, 2022 | 11:39 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Em dia de decisão de taxas de juros no Brasil e nos Estados Unidos, o Ibovespa (IBOV) operava em queda de 0,91% (105.553 pontos) às 10h50 desta quarta-feira (4). Nos últimos trinta dias, o valor total dos ativos brasileiros negociados em bolsa encolheu 13%. Já o dólar subia, negociado a R$ 5,02 (alta de 1,32%).

O drive dos traders nesta quarta são as decisões do Fed e do Copom. A aposta em uma alta de meio ponto percentual no juro americano, de 0,5% para 1%, o que seria a maior alta em um único dia desde 2000, alimenta volatilidade nos mercados de ações, títulos e câmbio. Aqui, com a inflação persistente, a expectativa do mercado é que o Banco Central eleve a taxa básica de juros de 11,75% para 11,75%.

  • Dow Jones (+0,16%) e Nasdaq 100 (0,02%)
  • Bolsas europeias em queda: Dax (Frankfurt) -0,16%, FTSE (Londres) - 0,52%, CAC (Paris) -0,48%.
  • Os rendimentos do Tesouro dos EUA com vencimento de 10 anos subiram para 3%, o nível mais alto desde novembro de 2018.

A Vale (VALE3) e os grandes bancos puxam o movimento de baixa no Brasil. A mineradora brasileira tem sido afetada por um movimento de aversão a ativos fortemente ligados à economia chinesa, que está enfrentando uma nova onda de lockdowns nas principais cidades do país por conta da política de Covid zero. A China é o principal destino das exportações de minério brasileiro.

Maiores quedas:

  • Vale: R$ 81,46 (-1,35%)
  • Itaú Unibanco (ITUB4): R$ 23,54 (-1,47%)
  • B3 (B3SA3): R$ 12,32 (-1,83%)
  • Bradesco (BBDC4): R$ 17,86 (-1,16%)
  • Itaúsa (ITSA4): R$ 8,91 (-2,41%)

Maiores altas:

  • Petrobras (PETR4): R$ 30,71 (+1,52%)
  • PetroRio (PRIO3): R$ 26,62 (+3,17%)
  • Suzano (SUZB3): R$ 51,82 (+1,11%)
  • Klabin (KLBN11): R$ 21,71 (+2,31%)

--Com informações da Bloomberg News

Graciliano Rocha

Graciliano Rocha

Editor da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista formado pela UFMS. Foi correspondente internacional (2012-2015), cobriu Operação Lava Jato e foi um dos vencedores do Prêmio Petrobras de Jornalismo em 2018. É autor do livro "Irmã Dulce, a Santa dos Pobres" (Planeta), que figurou nas principais listas de best-sellers em 2019.