Estilo de vida

Gastronomia: Onde estão os melhores restaurantes da Ásia?

Lista dos 50 melhores restaurantes do continente foi divulgada na última terça e traz novidades da gastronomia

Três restaurantes do Japão ficaram entre os 10 melhores da Ásia
Por Joanna Ossinger
02 de Abril, 2022 | 06:05 pm
Tempo de leitura: 4 minutos

Bloomberg — O melhor restaurante da Ásia é o Den, que fica em Tóquio.

O chef do Den, Zaiyu Hasegawa, é conhecido por seus irreverentes menus kaiseki – um de seus pratos mais famosos é sua versão de frango frito servido em uma caixa que imita o KFC, que ele chama de “Dentucky Fried Chicken”. O restaurante foi nomeado o número 1 entre os 50 melhores da Ásia em 29 de março. No ano passado, o Den ficou em terceiro lugar.

Foi a segunda vez que um estabelecimento japonês conquistou o primeiro lugar.

O Sorn, de Bangkok, ficou em segundo lugar, e o Florilege, de Tóquio, ficou em terceiro. Três restaurantes do Japão e quatro de Bangkok ficaram no Top 10.

PUBLICIDADE

A lista foi afetada por várias restrições de viagens relacionadas à pandemia na Ásia, de acordo com William Drew, diretor de conteúdo da 50 Best, instituição que nomeia os 50 melhores estabelecimentos.

“Não podemos fugir disso”, disse Drew em entrevista. “Significa que isso é uma votação local mais do que nunca”, já que as pessoas jantavam localmente durante os tempos de pandemia. A lista “World’s 50 Best Restaurants” é propriedade da William Reed Business Media.

No ano passado, o The Chairman, de Hong Kong, ficou em primeiro lugar na região. Este ano, ficou na quinta colocação.

Os prêmios foram entregues em eventos presenciais em Bangkok, Tóquio e Macau, bem como por videoconferência. Em março de 2020, a cerimônia ocorreu apesar da pandemia, que fechou muitos dos restaurantes vencedores (pelo menos temporariamente). A decisão de manter o evento atraiu críticas nas redes sociais – e alguns dias depois, os organizadores cancelaram o ranking internacional de 2020. No ano passado, o evento foi realizado virtualmente.

PUBLICIDADE

A lista de restaurantes que ficaram entre o 51º ao 100º lugar foi divulgada vários dias antes, incluindo 10 nomes de Hong Kong, seis da China continental, sete da Índia, três da Malásia e três das Filipinas. Alguns restaurantes também caíram no ranking: o L’Effervescence, de Tóquio, caiu do 19º para o 71º lugar, e o Mume, de Taipei, caiu do 15º para 54º. O Amber, de Hong Kong, foi do 37º lugar para o 83º; o Jaan by Kirk Westaway e o Euphoria – ambos de Singapura e os respectivos 42º e 41º lugares no ano passado agora estão na 55ª e 56ª colocações.

O Chef’s Choice Award foi entregue a David Lai, do Neighborhood, de Hong Kong. Maira Yeo, do Cloudstreet, de Rishi Naleendra, em Singapura, ganhou o prêmio de Melhor Confeiteira da Ásia. O prêmio de Restaurante Sustentável foi para o Mume, de Taipei.

O prêmio de Melhor Chef Feminina da Ásia, foi para Natsuko Shoji, do Ete, de Tóquio, e o Prêmio Ícone foi para Jeong Kwan, que é uma freira budista. O prêmio “Art of Hospitality” foi para o Odette, de Singapura.

A lista dos 50 melhores restaurantes da Ásia é selecionada e votada por um painel de mais de 350 escritores, críticos, chefs, donos de restaurantes e aficionados por comida. A premiação é realizada e publicada todos os anos desde 2013 pela William Reed Business Media.

1. Den — Tóquio

2. Sorn — Bangkok

PUBLICIDADE

3. Florilege — Tóquio

4. Le Du — Bangkok

5. The Chairman — Hong Kong

6. La Cime — Osaka, Japão

PUBLICIDADE

7. Suhring — Bangkok

8. Odette — Singapura

9. Neighborhood — Hong Kong

10. Nusara — Bangkok

PUBLICIDADE

11. Sazenka — Tóquio

12. Fu He Hui — Xangai

PUBLICIDADE

13. Ode — Tóquio (Prêmio “Highest Climber” atribuído ao restaurante que subiu mais posições)

14. Villa Aida — Wakayama, Japão (Prêmio “Highest New Entry”, para o restaurante novato na melhor colocação)

15. Narisawa — Tóquio

PUBLICIDADE

16. Mingles — Seul

17. Sezanne — Tóquio

18. Joo Ok — Seul

PUBLICIDADE

19. Ensue — Shenzhen

20. Meta — Singapura

21. Masque — Bombaim

PUBLICIDADE

22. Indian Accent — Nova Delhi

23. Les Amis — Singapura

24. Caprice — Hong Kong

25. Blue by Alain Ducasse — Bangkok

26. Seventh Door — Seul

27. Mosu — Seul

28. Da Vittorio — Xangai

29. Sushi Masato — Bangkok

30. Onjium — Seul

31. Samrub Samrub Thai — Bangkok

32. Mono — Hong Kong

33. Gaa — Bangkok

34. Wing — Hong Kong

35. Ministry of Crab — Colombo, Sri Lanka

36. La Maison de la Nature Goh — Fukuoka, Japão

37. Zen — Singapura

38. Logy — Taipei

39. Ultraviolet by Paul Pairet — Xangai

40. Labyrinth — Singapura

41. Burnt Ends — Singapura

42. Ete — Tóquio

43. Cenci — Kyoto, Japão

44. Cloudstreet — Singapura

45. JL Studio — Taichung, Taiwan

46. Raan Jay Fai — Bangkok

47. Wing Lei Palace — Macau

48. Otto e Mezzo Bombana — Hong Kong

49. Megu — Nova Delhi

50. Dewakan — Kuala Lumpur

--Este texto foi traduzido por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE