Internacional

Como a Espanha vai gastar dinheiro para aliviar baque da guerra

Primeiro-ministro anunciou a distribuição de auxílios e descontos até final do semestre deste ano

Serão US$ 17,5 bilhões entre incentivos fiscais, descontos e auxílio direto
Por Alonso Soto
28 de Março, 2022 | 09:56 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Espanha planeja distribuir cerca de 16 bilhões de euros (US$ 17,5 bilhões) em auxílio até o final de junho para minimizar impacto da guerra na Ucrânia.

O governo oferecerá cerca de 6 bilhões de euros (US$6,5 bilhões) em incentivos fiscais e auxílio direto com mais 10 bilhões (US$ 11 bilhões) em empréstimos para pequenas e médias empresas como parte de um amplo pacote de políticas para conter os custos crescentes, disse o primeiro-ministro Pedro Sanchez nesta segunda-feira (28) em Madri. O pacote deve ser aprovado pelo gabinete nesta terça-feira (29), segundo ele.

A Espanha, juntamente com Portugal, enviará esta semana uma proposta à União Europeia para limitar os preços do gás, com base em uma autorização especial anunciada no final da semana passada por Bruxelas, que autorizava os dois países a intervir nos mercados de energia.

O governo está apostando que uma combinação de auxílio econômico e uma maneira de desatrelar os preços do gás dos custos de eletricidade ajudará a aliviar as tensões internas. A inflação espanhola em fevereiro atingiu o nível mais alto em mais de 30 anos, e os preços da energia vêm batendo novos recordes há meses.

PUBLICIDADE

Outras medidas anunciada por Sanchez incluem:

  • Famílias receberão um desconto de 20 centavos de euro (US$ 0,22) em combustível – o governo pagará 15 centavos (US$ 0,16) e os fornecedores de combustível arcarão com o restante. O desconto ficará em vigor até 30 de junho.
  • Redução dos encargos de eletricidade em 1,8 bilhões de euros (cerca de US$ 2 bilhões) este ano.
  • 360 milhões de euros (US$ 394 milhões) de auxílio para o setor agrícola.
  • Setor de pesca deve receber 68 milhões de euros (US$ 74,5 milhões).

--Este texto foi traduzido por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE