PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

UBS permite trabalho remoto em tempo integral

Dos mais de 20 mil funcionários da empresa nos EUA, cerca de 800 trabalham remotamente no momento

Medida pode ajudar mães e pais solteiros devido à flexibilidade
Por Sonali Basak
23 de Março, 2022 | 01:44 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O UBS permitirá que alguns de seus funcionários nos Estados Unidos trabalhem remotamente em tempo integral, oferecendo flexibilidade aos trabalhadores já que busca atrair e reter talentos.

O banco suíço espera que cerca de 10% de seus funcionários no país trabalhem remotamente à medida que o programa é implementado em fases, começando na unidade de gestão de patrimônio, disse Tom Naratil, presidente do UBS Americas, em entrevista. Cerca de 10% a 15% dos funcionários ficarão no escritório em tempo integral, enquanto mais de 70% terão esquema de trabalho híbrido. Dos mais de 20,5 mil funcionários da empresa nos EUA, cerca de 800 atualmente trabalham remotamente.

PUBLICIDADE

O UBS está se adaptando à medida que trabalhadores dos EUA em todos os setores deixaram seus empregos em níveis quase recorde e Wall Street enfrenta o que Naratil descreve como uma seca de talentos. Mesmo com o aumento dos salários, as empresas financeiras enfrentam demandas por mais flexibilidade dos trabalhadores que enfrentam longas jornadas. Naratil disse que a indústria corre o risco de perder talentos se não for capaz de se adaptar.

“Se apenas 10 a 15% trabalham cinco dias por semana, isso mostra o quanto isso é significativo”, disse ele. “Alguém pode acreditar, em um ponto específico de sua vida – talvez por causa de uma situação familiar – que pode trabalhar 100% remotamente.”

O UBS está respondendo às solicitações de seus próprios trabalhadores. Globalmente, cerca de 86% de seus funcionários disseram que buscam mais flexibilidade, incluindo trabalho remoto.

PUBLICIDADE

Melhorar o deslocamento é outro produto do plano, disse Naratil. Ele espera que mais funcionários trabalhem em casa às sextas-feiras e disse que a maioria dos funcionários deve ficar no escritório de terça a quinta-feira durante o verão para reduzir as viagens durante os horários de pico.

Naratil disse que funcionários do banco de investimento e outros profissionais podem trabalhar em locais não tradicionais. A empresa, com cerca de 300 escritórios nos EUA, está aceitando a ideia de que mais funcionários querem trabalhar longe de uma grande cidade.

O programa também visa apoiar os esforços de diversidade e inclusão do UBS. A flexibilidade também pode ajudar mães trabalhadoras, pais solteiros e veteranos de guerra e suas famílias, disse Naratil.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE