PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cripto

NFTs de Neymar rendem mais de R$ 1,2 milhão ao jogador

Imagens do Bored Ape Yatch Club foram adquiridas em janeiro por US$ 1,1 milhão e investimento que já oferece um retorno de quase 24%

Investimento do jogador já rendeu um retorno superior a R$ 1 milhão
23 de Março, 2022 | 06:30 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — Muita gente se questionou sobre quais as razões que levaram o atacante do Paris Saint-Germain Neymar Jr. a investir US$ 1,1 milhão em duas NFTs de ilustrações de macacos coloridos em janeiro deste ano. Uma das possíveis respostas pode ter surgido na semana passada. No último dia 17 de março, começaram a ser negociadas as ApeCoins, a moeda oficial da comunidade Bored Ape Yatch Club (BAYC), a coleção de NFTs mais valiosa lançada até o momento, de propriedade do Yuga Lab, que inclui ainda macacos mutantes (MAYC) e os pets (Kennel Club).

Os dois macaquinhos coloridos adquiridos por Neymar fazem parte dessa valiosa coleção. E, como dono de duas dessas imagens, o jogador ganhou o direito de resgatar 10.094 ApeCoins por cada uma de suas NFTs. Na prática, o camisa 10 da seleção brasileira ganhou 20.188 dessas moedas, antes de começarem a ser negociadas, apenas como benefício de ter adquirido as imagens no início deste ano. Das moedas colocadas no mercado para negociação, 62% foram distribuídas entre os detentores das NFTs.

PUBLICIDADE

Hoje, essas novas moedas, ou tokens, estão sendo negociados a pouco mais de US$ 13 cada. Considerando que o jogador ainda tenha suas 20.188 unidades de ApeCoins, seus ativos estariam avaliados em US$ 262,44 mil ou cerca de R$ 1,26 milhão. As duas NFTs já renderam ao jogador um retorno de 23,8% em apenas dois meses, considerando a cotação atual. A moeda entrou no mercado valendo modestos US$ 1 e já alcançou o valor máximo de US$ 18, um dia após o início de sua negociação.

Foram colocados no mercado 1 bilhão desses tokens que serão a moeda de negociação do universo virtual que está sendo criado pela Yuga Lab. A ideia é permitir a troca e comercialização dos NFTs dentro desse metaverso, não ficando restrito aos membros do clube, mas aberto outros interessados. O projeto chamado até agora de Otherside será um jogo online multi-jogador, ainda sem data para lançamento. Para viabilizar o projeto, a empresa anunciou ontem que concluiu sua primeira rodada de investimentos, onde captou US$ 450 milhões. Com esse montante, o valor de mercado da empresa passou a ser de US$ 4 bilhões.

Leia também

PUBLICIDADE

Games: pagar jogador em criptoativos é a nova onda na América Latina

Ether supera Bitcoin com otimismo sobre ‘atualização verde’ do Ethereum

NFT: suspeitas de manipulação de mercado ressurgem

Alexandre Inacio

Alexandre Inacio

Jornalista brasileiro, com mais de 20 anos de carreira, editor da Bloomberg Línea. Com passagens pela Gazeta Mercantil, Broadcast (Agência Estado) e Valor Econômico, também atuou como chefe de comunicação de multinacionais, órgãos públicos e como consultor de inteligência de mercado de commodities.

PUBLICIDADE