PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Brasil

Doria anuncia fim de exigência de máscara a partir de hoje em São Paulo

Governador João Doria justificou a medida pela queda de casos, internações e óbitos, citando também o aumento da vacinação

A partir de hoje (9), moradores e visitantes podem andar nas ruas de São Paulo sem a obrigatoriedade do uso de máscaras
09 de Março, 2022 | 01:03 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), assinou nesta quarta-feira (9) decreto acabando com a obrigatoriedade do uso de máscara em lugares abertos no estado de São Paulo, a partir de hoje. Ele justificou a medida citando dados de redução de casos de covid, óbitos e internações.

Em lugares fechados, independentemente de idade, a exigência da peça de proteção foi mantida. Quem não foi vacinada ou apresenta sintomas gripais ou tem doenças crônicas e imunodeprimidos devem manter o uso da máscara em ambientes abertos, segundo orientação do comitê científico.

PUBLICIDADE

A partir de hoje, foi liberada a ocupação de 100% em eventos esportivos em estádios, acrescentou Doria. No dia 23 de março, o governador disse que possivelmente o governo pode avaliar e anunciar a liberação completa do uso de máscara no estado, condicionando a decisão à continuidade de melhora dos indicadores da evolução da covid e da vacinação. “A decisão final será do comitê de Saúde”, afirmou.

Durante o anúncio, no Palácio dos Bandeirantes, o gestor estadual retirou a máscara e disse que era a primeira vez que fazia uma entrevista coletiva sem a peça de proteção em dois anos e dois meses. “Como é bom sorrir sem máscara”, disse.

Veja mais: Rio acaba com exigência de máscara e passaporte; BH e DF flexibilizam

PUBLICIDADE

O governador disse que 74% dos adultos estão com a vacinação completa no estado, que teve uma queda de 77% nas internações e 55% nos óbitos. A taxa de ocupação das UTIs está em 37,6% no estado.

Ontem, o comitê científico que assessora o governo na gestão da pandemia se reuniu para discutir o tema, recomendando a medida ao governo.

Em outros estados do país, medida semelhante está sendo discutida ou tomada. A cidade do Rio de Janeiro foi além, extinguindo a exigência de máscara também em espaços fechados.

Com o decreto, o festival de música Lollapalooza Brasil, marcado para os próximos dias 25, 26 e 27, no Autódromo de Interlagos, não será obrigado a exigir máscara dos participantes, confirmando a expectativa das últimas semanas. As ações da Time For Fun (SHOW3), produtora do evento, disparam mais de 6% na B3 na tarde de hoje.

Leia também

Pix Crédito vai substituir o cartão tradicional? Tire 10 dúvidas

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE