Mercados

S&P 500: por que este é um dos piores inícios de ano para o índice

Alerta de spoiler: quando o S&P 500 fecha o mês de fevereiro em baixa, acaba disparando ao longo do ano

Perda acumulada foi de 8,2%
Por Paulina Munita
02 de Março, 2022 | 05:53 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — As ações dos Estados Unidos registraram outro início de ano ruim, pois a perspectiva de aumento das taxas de juros e a invasão da Ucrânia pela Rússia se juntaram para testar o mantra “as ações só sobem”.

O índice S&P 500 (SPX) registrou quedas mensais consecutivas pela primeira vez em quase um ano e meio, acumulando uma perda de 8,2% no ano, seu pior início desde que a pandemia atingiu os mercados no início de 2020.

Um vislumbre de esperança para os investidores: todas as vezes que o S&P 500 fechou em baixa em fevereiro, acabou encerrando o ano com alta de pelo menos 9,5%.

Começo de ano ruim para o S&P 500dfd

--Este texto foi traduzido por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Mercado reavalia América Latina como fornecedora de petróleo

Como entender as previsões de mercado em tempos de guerra

PUBLICIDADE