Brasil

Bolsonaro e Putin anunciam cooperação em sustentabilidade

Em reunião de duas horas, os presidentes reafirmaram compromisso com agenda de desenvolvimento sustentável da ONU

“Desejamos aprofundar nosso diálogo de alto nível", disse o presidente brasileiro após reunião com Putin
16 de Fevereiro, 2022 | 12:36 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da Rússia, Vladimir Putin, anunciaram nesta quarta-feira (16) parceria nas áreas de biodiversidade e sustentabilidade. No campo econômico, falaram no aumento das exportações russas de fertilizantes ao Brasil, setor que responde por 65% das vendas da Rússia ao Brasil.

A crise com a Ucrânia não apareceu no discurso do presidente russo. Os dois tiveram um encontro de duas horas em que falaram sobre diversos assuntos, como parcerias nas áreas de inteligência artificial e de tecnologia de informação e comunicação.

Veja mais: Bolsonaro deve se encontrar com Putin, e Ucrânia não está na agenda

Também trataram da necessidade de interação entre as agências regulatórias dos dois países para ampliar o acesso aos mercados, inclusive por meio da expansão do número de estabelecimentos habilitados a exportar produtos de origem animal e vegetal.

PUBLICIDADE

“Nosso encontro de quase duas horas foi bastante profícuo”, disse Bolsonaro. “Desejamos aprofundar nosso diálogo de alto nível, como a exploração em águas profundas e hidrogênio. Temos interesse nos pequenos reatores nucleares modulares e registramos também a primeira edição de consulta em Defesa e Relações Exteriores”, discursou o presidente brasileiro.

O presidente russo destacou que tanto o Brasil quanto a Rússia defendem “a formação de um mundo multipolar com base no direito internacional e no papel central coordenador da ONU”.

Putin ainda destacou a presença no Brasil no Conselho de Segurança da ONU nos anos de 2022 e 2023. “Pretendemos intensificar nossa cooperação sobre todos os assuntos da agenda da ONU. Sem dúvida, continuaremos a interagir com os parceiros brasileiros no âmbito do BRICS, agrupamento internacional respeitado que ocupa lugar importante no mundo moderno multipolar e desempenha papel de peso na economia global”, disse.

Veja mais: O que Bolsonaro tem a ganhar com a visita a Putin

PUBLICIDADE

De acordo com o relatório oficial do encontro divulgado pelo Itamaraty, os presidentes reafirmaram o compromisso dos dois países com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, já que Rússia e Brasil abrigam as maiores extensões florestais do mundo, a Taiga e a Amazônia, respectivamente.

Na reunião, os presidentes concordaram sobre a importância do diálogo e da cooperação para proteção das florestas.

Em seu discurso, Putin se solidarizou com as vítimas do temporal que atingiu ontem (15) a cidade de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, e deixou pelo menos 44 mortos e 300 desabrigados.

Pedro Canário

Pedro Canário

Repórter de Política da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero em 2009, tem ampla experiência com temas ligados a Direito e Justiça. Foi repórter, editor, correspondente em Brasília e chefe de redação do site Consultor Jurídico (ConJur) e repórter de Supremo Tribunal Federal do site O Antagonista.

PUBLICIDADE