PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

Índia adia revisão de juros e lamenta a morte de cantora amada no país

Comitê de política monetária do Reserve Bank of India agora se reunirá de 8 a 10 de fevereiro

Conhecida como o 'rouxinol da Índia'
Por Kartik Goyal
07 de Fevereiro, 2022 | 10:07 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O banco central da Índia adiou por um dia a revisão da taxa de juros, enquanto o país e seus vizinhos lamentam a morte da célebre cantora, Lata Mangeshkar.

O comitê de política monetária do Reserve Bank of India agora se reunirá de 8 a 10 de fevereiro, informou a autoridade em comunicado no final do domingo (6). A decisão será anunciada na quinta-feira (10).

PUBLICIDADE

Os bancos em Mumbai e os mercados de títulos e moedas estão fechados na segunda-feira (7). As bolsas de valores operaram normalmente, com o índice principal caindo 0,5% a partir das 10h15, no horário local.

Mangeshkar, conhecida como o ‘rouxinol da Índia’, recebeu o maior prêmio civil de seu país de origem, durante uma carreira de mais de seis décadas, bem como amor e respeito por sua música de todo o subcontinente. Ela estava hospitalizada desde 8 de janeiro após testar positivo para covid-19.

Com a morte de Lata Mangeshkar, o subcontinente perdeu uma das grandes cantoras que o mundo conheceu. Ouvir suas músicas proporcionar imenso prazer a tantas pessoas em todo o mundo.

PUBLICIDADE

“Descanse em paz”, disse o presidente do Sri Lanka, Mahinda Rajapaksa, em um comunicado. “Obrigado pelas décadas de entretenimento que transcenderam fronteiras e deram vida à frase ‘a música é uma linguagem universal’.”

Mangeshkar, 92, foi cremada com honras de Estado no domingo (6). Entre os participantes estava o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi. Ela nunca se casou.

Prestei minhas últimas homenagens a Lata Didi em Mumbai.

– Com a colaboração de Anirban Nag e Nupur Acharya.

– Esta notícia foi traduzida por Marcelle Castro, Localization Specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE