PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

Amazon eleva teto do salário-base de US$ 160 mil a US$ 350 mil por ano

Para acompanhar o mercado de trabalho extremamente competitivo, a empresa anunciou aumentos e alterou prazos de adjudicação de ações

Medida coincide com investimento na operação logística da empresa
Por Spencer Soper
07 de Fevereiro, 2022 | 06:18 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Amazon (AMZN) vai mais que dobrar o salário-base máximo, passando de US$ 160 mil para US$ 350 mil, disse a empresa aos funcionários nesta segunda-feira (7).

“No ano passado, o mercado de trabalho ficou especialmente competitivo. Ao fazer uma análise completa de várias opções, pesando a economia do nosso negócio e a necessidade de nos mantermos competitivos para atrair e reter os melhores talentos, decidimos fazer aumentos significativamente mais altos em nossos níveis de remuneração do que estamos acostumados em um ano típico”, diz o memorando, obtido pela Bloomberg.

PUBLICIDADE

A Amazon também disse que aumentaria a faixa salarial da maioria dos cargos em todo o mundo e modificaria os tempos de adjudicação de ações para ficar em linha com as promoções.

Grandes empregadores estão com dificuldades lutado para contratar e reter os trabalhadores necessários nesta era da “Grande Demissão”. Relatos da mídia indicam que a taxa de rotatividade na Amazon atingiu níveis de crise, com um recorde de 50 vice-presidentes que deixaram a empresa no ano passado.

O aumento salarial da Amazon foi relatado anteriormente pela Business Insider.

PUBLICIDADE

O aumento dos salários coincide com grandes gastos na operação logística da empresa, incluindo uma onda maciça de contratações para seus armazéns. A empresa divulgou um forte quarto trimestre na quinta-feira (3), quando também anunciou que aumentaria o preço da assinatura anual do Prime – que inclui descontos no frete e outras vantagens – em US$ 20, chegando a US$ 139.

--Esta notícia foi traduzida por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE