PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Volatilidade sugere que é hora de apostar na alta do S&P 500

Apenas 10 vezes nas últimas duas décadas o VIX, mais conhecido como índice do medo, subiu por tantos pregões seguidos

Michael Purves, diretor executivo da Tallbacken Capital Advisors LLC
Por Akshay Chinchalkar e Joanna Ossinger
28 de Janeiro, 2022 | 09:09 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Sete saltos consecutivos no chamado “índice de medo” do S&P 500 (SPX) são um sinal de que pode ser hora de apostar contra a volatilidade, se a história servir de guia.

Apenas 10 vezes nas últimas duas décadas o Índice de Volatilidade Cboe - mais conhecido como VIX - subiu para tantos pregões seguidos. Os investidores que reduziram posições no indicador após as nove sequências anteriores dessa duração teriam obtido um retorno de quase 19% após 20 dias, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

PUBLICIDADE

A rodada mais recente de aumentos de volatilidade escalonados ocorreu de 18 a 26 de janeiro, quando o Federal Reserve teve sua última reunião de política monetária. O VIX caiu no dia seguinte, sinalizando mais clareza e, aparentemente, menos medo sobre taxas de juros e rendimentos.

Veja mais: Fed dá largada ao maior aperto da política monetária em décadas

VIX termina em baixa após sete dias de alta; é a 10ª vez que isso ocorre em duas décadasdfd

O pivô agressivo do Fed para combater a inflação desencadeou uma forte onda de vendas nas ações devido a preocupações com o recuo do estímulo e o risco de um crescimento econômico mais lento. Alguns estrategistas de Wall Street agora argumentam que é hora de comprar as pechinchas, o que geralmente significa que a volatilidade também deve diminuir.

PUBLICIDADE

Veja mais: Ibovespa descola do S&P e recebe fluxo externo diante de ajuste do Fed

“O mercado pode continuar caindo, mas achamos que a volatilidade também vai cair, já que a exaustão da volatilidade está se instalando”, escreveu Michael Purves, diretor executivo da Tallbacken Capital Advisors LLC, em nota um dia antes da reunião do Fed.

Outro indicador técnico apresenta resultado semelhante: a relação put/call do VIX atingiu seu nível mais alto desde outubro na quarta-feira (26), de acordo com Chris Murphy, estrategista de derivativos do Susquehanna International Group.

O nível desse indicador pode acabar sendo um “pico”, disse ele, observando que leituras semelhantes eram sinais fortemente otimistas para o S&P 500. Entre os 16 picos que foram mais altos que os desta semana, o S&P 500 foi mais alto um mês depois 13 vezes, com um ganho médio de 4,2%, disse Murphy.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE