PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ibovespa opera no vermelho com mercado de olho no Fed

Índice cai mais de 1% enquanto investidores se preparam para decisão do Federal Reserve, dos EUA, que sairá na quarta; dólar avança

Mercados têm dia negativo aqui e lá fora
24 de Janeiro, 2022 | 03:47 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) opera em queda na tarde desta segunda-feira (24), influenciado pelas fortes perdas nas principais bolsas da Europa e dos Estados Unidos. Os investidores já operam em compasso de espera pela decisão do banco central americano, que será divulgada na próxima quarta-feira. O dólar sofre o clima desfavorável e sobe. As taxas dos juros futuros recuam.

  • A bolsa opera abaixo dos 108 mil pontos enquanto o dólar bate os R$ 5,50.

Nos EUA, os mercados de ações seguem com forte baixa, enquanto os títulos do governo americano sobem junto com a moeda americana, em meio a preocupações geopolíticas e enquanto os investidores se preparam para que o Federal Reserve reitere ainda nesta semana sua política monetária mais agressiva para conter a inflação. O comitê de mercado aberto do Federal Reserve decide o rumo da política monetária nesta quarta-feira (26), e a expectativa do mercado é de que anuncie um aumento das taxas de juros para março. Isso marca o primeiro aumento em mais de três anos. O Fed também deve passar a reduzir o balanço patrimonial da instituição logo em seguida.

PUBLICIDADE

A maioria dos 45 economistas participantes da pesquisa acredita que o Fed usará o encontro dos dias 25 e 26 de janeiro para comunicar um aumento de 0,25 ponto percentual na taxa de referência para combater as pressões inflacionárias. Dois deles esperam um acréscimo mais substancial, de 0,50 ponto, que seria o maior desde 2000.

Os economistas, sondados entre 14 e 19 de janeiro, estavam divididos nas apostas entre três e quatro aumentos de juros em 2022, em resposta ao fortalecimento do mercado de trabalho e à maior inflação em quase quatro décadas.

Por aqui, o mercado também digere o Relatório Focus desta manhã, que trouxe um aumento na expectativa de inflação para o ano, dos 5,09% da última semana para 5,15%.

PUBLICIDADE

Mercado agora

  • Câmbio: Por volta das 15h45, o dólar subia 0,9%, a R$ 5,50;
  • Bolsa: O Ibovespa caía 1,66%, a 107.137 pontos;
    • Entre as maiores altas percentuais estavam Marfrig (MRFG3), Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) e CPFL (CPFE3). Nas maiores perdas: Locaweb (LWSA3), Banco Inter (BIDI11) e Banco Pan (BPAN4);
  • Juros: O DI com vencimento para janeiro de 2025 caía de 11,17% para 11,11% enquanto o de 2027 ia de 11,30% para 11,20%;
  • Exterior: Em Nova York, o Dow Jones despencava 2,1%, o S&P 500 recuava 2,2% e o Nasdaq, 2,3%;

-- Com informações de Bloomberg News

Leia também

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.

PUBLICIDADE