PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ibovespa firma ganhos e fecha semana no azul

Negociações foram favorecidas pelos dados nacionais de varejo divulgados pela manhã; na semana, ganho foi de mais de 4%

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Depois de perder pela manhã, o Ibovespa (IBOV) conseguiu se reerguer e encerrou o dia em alta, após os dados de varejo do Brasil divulgados no início do dia surpreenderem os investidores. O dólar também subiu, mas inverteu a tendência no final da tarde e fechou no vermelho. Já as taxas dos juros futuros subiram.

  • A bolsa subiu mais de 1%, encostando nos 107 mil pontos, enquanto o dólar beirou os R$ 5,50

Segundo dados divulgados na manhã de hoje (14) pelo IBGE, as vendas no varejo brasileiro tiveram uma alta mensal de 0,6% em novembro, mês da Black Friday, com queda em cinco das oito atividades monitoradas. No ano, o varejo acumula alta de 1,9% e nos últimos doze meses, também crescimento de 1,9%.

PUBLICIDADE

Entre as oito atividades pesquisadas, cinco tiveram taxas negativas em novembro, com queda nas vendas de móveis e eletrodomésticos, assim como tecidos, vestuário e calçados (-1,9%), combustíveis e lubrificantes (-1,4%) e livros, jornais, revistas e papelaria (-1,4%). Do outro lado, o varejo avançou puxado, principalmente, pelo crescimento de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,9%).

Nos Estados Unidos, o valor das compras gerais caiu 1,9%, após um ganho revisado de 0,2% no mês anterior, como mostraram os números do Departamento de Comércio nesta sexta-feira (14). Eles não são ajustados pela inflação, sugerindo que os ganhos ajustados aos preços foram ainda mais fracos do que o resultado demonstrado. A estimativa mediana em uma pesquisa da Bloomberg esperava uma queda de somente 0,1% em relação ao mês anterior.

Lá, algumas das principais bolsas de Nova York foram favorecidas pelos papéis de tecnologia, que lideraram o movimento de recuperação após uma semana muito volátil, com investidores recalibrando suas estratégias em meio a crescentes pedidos por taxas de juros mais altas.

PUBLICIDADE
  • Câmbio: O dólar caiu 0,27%, a R$ 5,51;
  • Bolsa: O Ibovespa subiu 1,33%, para 106.927 pontos. Na semana, o ganho foi de 4,10%;
    • Entre as maiores altas percentuais ficaram Banco Inter (BIDI11), BR Malls (BRML3) e Banco Pan (BPAN4). Nas maiores perdas: Locaweb (LWSA3), Positivo (POSI3) e Alpargatas (ALPA4);
    • Destaques da bolsa: A Minerva Foods (BEEF3) começou a dar os primeiros passos em busca de um novo lar. A empresa sediada em Barretos, no interior de São Paulo, vai iniciar uma série de estudos para avaliar a viabilidade de transferir seu domicílio para outro país. Na prática, a ideia é transferir a atual base acionária para uma nova empresa que seria criada no exterior, sendo que essa nova sociedade teria suas ações listadas nesse mesmo país.
  • Juros: O DI com vencimento para janeiro de 2025 subiu de 11,205% para 11,255% enquanto o de 2027 foi de 11,165% para 11,125%;
  • Exterior: Em Nova York, o Dow Jones caiu 0,56%, enquanto o S&P 500 subiu 0,08% e o Nasdaq 0,59%;
  • Bitcoin: Por volta das 18h30, a criptomoeda operava em alta de 1,48%, a US$ 43.321;

-- Com informações de Bloomberg News

Leia também

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.

PUBLICIDADE