PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Acúmulo de estoques na China contém avanço do minério de ferro

Estoques nos portos chineses estão no maior nível em mais de três anos, sendo que a quantidade de produto brasileiro bateu recorde na semana passada

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A cotação do minério de ferro caiu pelo segundo dia seguido em resposta ao aumento dos estoques na China, esfriando um movimento de seis semanas de forte valorização.

Os estoques nos portos chineses estão no maior nível em mais de três anos, sendo que a quantidade de produto brasileiro bateu recorde na semana passada, de acordo com dados da Shanghai SteelHome E-Commerce. A notícia segue a recuperação nas importações de minério de ferro pela China neste final de ano, atingindo o maior patamar em 13 meses em novembro. A DBX Commodities, especializada em dados sobre granéis sólidos, espera avanço dos embarques da Austrália e do Brasil em dezembro.

PUBLICIDADE

Desconsiderando os dois fornecedores tradicionais, os embarques de outros países para a China cresceram 11% desde o início do quarto trimestre, afirmou a firma de pesquisas Mysteel, acrescentando em um estudo que a diferença entre oferta e demanda vem se ampliando neste período.

Ainda assim, os contratos futuros em Singapura caminham para o mais longo período de ganhos desde maio, após autoridades chinesas anunciarem medidas para apoiar o setor imobiliário e a economia do país. Os preços subiram quase 50% desde 10 de novembro, com a expectativa de melhora na demanda.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE