PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

Tweet do BTS contra racismo anti-asiático é o mais compartilhado do ano

Também segundo a plataforma, uma selfie do membro da banda Jungkook foi o segundo tweet mais curtido

Postagem contra racismo foi retuitada mais de 1 milhão de vezes e ganhou mais de 2,5 de curtidas por usuários do Twitter
Por Ella Ceron
09 de Dezembro, 2021 | 09:52 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O tweet de março do grupo de K-pop BTS denunciando a discriminação anti-asiática e crimes de ódio liderou a lista do Twitter como o post mais retuitado em 2021, segundo um relatório da plataforma divulgado nesta quinta-feira (9).

PUBLICIDADE

Em 30 de março, o grupo publicou um comunicado contra o aumento de crimes de ódio anti-asiáticos durante a pandemia. A postagem foi retuitada mais de 1 milhão de vezes e ganhou mais de 2,5 de curtidas por usuários do Twitter.

O estigma contra pessoas de ascendência asiática começou quase imediatamente após os primeiros relatos da Covid-19 na China. Postagens anti-asiáticas aumentaram no Twitter, principalmente depois que o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, se referiu à doença como “vírus chinês”, em março de 2020. Durante ano e meio seguinte, o portal stopaapihate.org detectou mais de 9.000 postagens de discriminação anti-asiática. Vários ataques violentos se tornaram virais. Em 2020, a polícia em Vancouver, no Canadá, registrou 98 crimes de ódio contra asiáticos, ante 12 desses incidentes em 2019.

PUBLICIDADE

Na declaração, o grupo BTS escreveu que os membros sofreram com a discriminação que “nos faz sentir impotentes e destrói nossa auto-estima”. Mesmo assim, eles acrescentaram, “nossas próprias experiências são irrelevantes em comparação com os eventos que ocorreram nas últimas semanas”.

“Nós nos posicionamos contra a discriminação racial”, continuou a mensagem. “Condenamos a violência. Você, eu e nós temos o direito de ser respeitados. Estaremos juntos “, adicionando as hashtags #StopAsianHate e #StopAAPIHate ao tweet. O @BTS_twt, uma das várias contas do grupo, tem 42 milhões de seguidores.

Veja mais: Membros do BTS embolsam US$ 8,4 milhões com vendas de ações da Hybe

Em maio, o Senado dos EUA aprovou um projeto de lei contra crimes de ódio em resposta aos ataques.

“Essa violência não veio do nada, e nada disso é novo. Em minha vida, em minha experiência de vida, vi como o ódio pode invadir nossas comunidades “, disse a vice-presidente Kamala Harris na época.

PUBLICIDADE

O tweet mais curtido do ano veio do presidente americano Joe Biden. “É um novo dia na América”, escreveu ele no dia da posse. Tweets do mesmo dia por Harris e o ex-presidente Barack Obama também estiveram entre os mais curtidos neste ano. BTS foi a hashtag mais usada no Twitter e uma selfie do membro da banda Jungkook foi o segundo tweet mais curtido na plataforma.

Leia também