PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Estilo de vida

Tentando se reestabelecer no mercado, Playboy nomeia Cardi B como diretora criativa

Após a notícia, as ações do grupo reverteram perdas e subiram até 9,7%

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O dono da Playboy está trazendo Cardi B para o novo cargo de diretora de criação residente, dando à marca uma colaboradora de alto nível, na tentativa de se reestabelecer no cenário da cultura pop.

A estrela da música fornecerá direção artística em áreas como merchandising e editorial digital, disse o PLBY Group Inc. nesta quinta-feira (2) em comunicado. Cardi B também atuará como diretora criativa fundadora e membro fundadora do Centerfold, um site voltado para criadores que deve ser lançado ainda neste mês.

PUBLICIDADE

Citando o compromisso de Cardi B com a liberdade de expressão e a “celebração do sexo e a positividade corporal”, o CEO do PLBY Group, Ben Kohn, a chamou de “personificação da marca Playboy”.

A parceria destaca os esforços de PLBY para reviver uma marca que já foi um nome influente entre as revistas masculinas e na cultura como um todo. Com o objetivo de expandir seus negócios focados diretamente ao consumidor, o acordo da PLBY com Cardi B incluirá coleções de produtos de moda e bem-estar sexual de marcas compartilhadas.

As ações reverteram as perdas e subiram até 9,7% com a notícia. Até o fechamento da véspera, a ação registrava alta de 233% no ano. Mas Wall Street vê ainda mais crescimento à frente: a empresa tem seis classificações de compra de analistas e nenhuma de manutenção ou venda. O preço-alvo médio é de US$ 48, o que representa 37% de alta em relação ao último preço de fechamento.

PUBLICIDADE

A empresa também está ampliando suas ofertas digitais, inclusive por meio da Centerfold, uma plataforma de entretenimento adulto na qual os usuários poderão criar conteúdo e construir comunidades de fãs. A Playboy também anunciou recentemente uma coleção de tokens não fungíveis que está sendo chamada de Rabbitars.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE

Spotify: Barões da Pisadinha e Marília Mendonça no topo dos mais ouvidos de 2021

Monalisa brasileira, ‘A Negra’ de Tarsila do Amaral está à venda por R$ 22,5 mi em Miami

10 cidades mais caras do mundo para se morar agora

PUBLICIDADE