Mercados

Praia paradisíaca será cenário para decisão de juros nas Filipinas

Resort de areia branca Boracay receberá autoridades do banco central filipino para reunião de política monetária

O paraíso ficou em segundo lugar entre as 25 melhores praias insulares do mundo
Por Ditas Lopez
17 de Novembro, 2021 | 04:30 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O resort de areia branca da ilha de Boracay servirá de paisagem para os membros do banco central filipino, quando estarão tomando decisões importantes sobre as taxas de juros na quinta-feira (18), sinalizando que é bem provável que o pior já passou para o país do sudeste asiático.

O presidente do Bangko Sentral ng Pilipinas, Benjamin Diokno, anunciará a decisão sobre a taxa diretamente de Boracay, às 15h, horário de Manila, durante sua primeira coletiva de imprensa presencial desde a pandemia. O banco central, que realiza briefings virtuais há mais de um ano, também vai oferecer palestras sobre a economia da área turística via Zoom, segundo a programação de sua assessoria de comunicação.

“Com a direção da política e a provável decisão já definidas, talvez o presidente do banco também espere sinalizar que a normalidade pode ser alcançada, se forem seguidos protocolos rígidos e padrões mínimos de saúde”, disse Nicholas Mapa, economista sênior do ING Groep, em Manila.

Boracay, que ficou em segundo lugar entre as 25 melhores praias insulares do mundo, segundo em uma pesquisa entre leitores da Conde Nast Traveller de 2020, reabriu para turistas locais totalmente vacinados sem exigir deles um resultado negativo do teste de Covid-19. A redução dos casos de Covid-19, a aceleração da taxa de vacinação e o impulso para estimular o crescimento econômico levaram a regras sanitárias mais flexíveis nas últimas semanas.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Por que passageiros do Nordeste pagam mais por teste de Covid em SP?

Como é viajar para São Paulo agora