Internacional

Trabalho nos EUA: empresas correm para contratar com escassez de mão de obra

Companhias americanas continuam na corrida por mais contratações, com falta de trabalhadores afetando as operações

Mercado de trabalho se fortalece à medida que a pandemia é controlada
Por Bloomberg News
03 de Novembro, 2021 | 11:07 am
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — As empresas norte-americanas adicionaram o maior número de empregos em quatro meses, sugerindo que os empregadores estão progredindo rumo a um número quase recorde de vagas abertas.

A folha de pagamento das empresas aumentou em 571 mil no mês passado, após um ganho revisado de 523 mil em setembro, segundo dados do ADP Research Institute divulgados na quarta-feira (3). A mediana das projeções de uma pesquisa da Bloomberg com economistas apontava aumento de 400 mil.

As empresas estão desesperadas para contratar trabalhadores, pois a escassez de mão de obra continua afetando a produção e elevando os preços. Ainda assim, o total de empregos aferido pelo ADP continua bem abaixo do nível pré-pandemia, sugerindo que salários mais altos e bônus não são suficientes para atrair e reter talentos em um mercado de trabalho onde os candidatos são cada vez mais exigentes.

Os dados precedem o relatório mensal de empregos do Departamento do Trabalho a ser divulgado na sexta-feira (5), que deve mostrar que as folhas de pagamento privadas aumentaram em 408 mil trabalhadores em outubro. Embora os números do ADP nem sempre sigam o padrão dos dados do Departamento do Trabalho, o crescimento pode apontar para um relatório de outubro bastante sólido.

PUBLICIDADE

Veja mais: Voos transatlânticos devem aumentar demanda de petróleo nos EUA

Grandes avanços

Os empregos de prestadores de serviços aumentou em 458 mil em outubro (o maior aumento desde junho), liderado pelas folhas de pagamento de empresas de lazer e hotelaria e empresas profissionais e comerciais.

As folhas de pagamento dos produtores de bens aumentaram em 113 mil, refletindo os maiores avanços nas contratações do setor de construção e manufatura desde setembro de 2020.

“O mercado de trabalho está acelerando à medida que a onda da variante Delta do coronavírus diminui”, disse Mark Zandi, economista-chefe da Moody’s Analytics, em comunicado. “Enquanto a pandemia permanecer contida, provavelmente teremos mais ganhos de empregos nos próximos meses.

PUBLICIDADE

Empresas com mais de mil trabalhadores adicionaram 305 mil pessoas às folhas de pagamento, enquanto as pequenas empresas registraram um ganho de 115 mil.

Os dados da folha de pagamento do ADP representam empresas que empregam quase 26 milhões de trabalhadores nos EUA.

--Com assistência de Olivia Rockeman.


Leia também

Mercados externos em compasso de espera em dia de decisão do Fed

Inflação por mais tempo? Membro do BCE diz que pelo menos até o final do ano

PUBLICIDADE