Green

Vale fecha acordo com siderúrgica chinesa para reduzir emissões

Mineradora assina memorando de entendimento com a Jiangsu Shagang para desenvolver soluções de descarbonização

Vale busca alcançar neutralidade na emissão de carbono até 2050
18 de Outubro, 2021 | 09:24 am
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — A Vale fechou uma parceria com a siderúrgica chinesa Jiangsu Shagang para desenvolver soluções de descarbonização. A assinatura de memorando de entendimento ocorre no momento em que a China impõe limites à produção de aço, forçando uma diminuição da demanda por minério de ferro.

Veja mais: Brasil simplifica gestão ESG das empresas com ajuda da tecnologia

A mineradora brasileira informou, nesta segunda-feira (18), que ambas concordaram em buscar oportunidades para desenvolver soluções para a siderurgia focadas na redução das emissões de CO².

“A Vale e a Jiangsu Shagang pretendem desenvolver estudos de viabilidade econômica para a utilização de produtos de menor impacto de carbono no processo de fabricação do aço, como produtos de minério de ferro de alta qualidade; e cooperação em plantar Tecnored”, diz a mineradora.

PUBLICIDADE

A Tecnored é uma subsidiária integral da Vale focada no desenvolvimento de ferrogusa de baixo carbono por meio do uso de fontes de energia, como biomassa e gás de síntese, que emitem menos CO².

A Vale acrescentou que esta iniciativa contribui para alcançar seu compromisso de redução de emissões até alcançar a neutralidade em 2050.

Leia também

Indústria de energia eólica tem espaço para crescer, mas depende de governos

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE