PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Popularidade da Robinhood diminui com fim da moda das ‘meme stocks’

Segundo analistas, menos trading e receita, além de mais ações da companhia chegando ao mercado, significa que os preços estão fadados a cair

Número da usuários ativos diários do aplicativo da Robinhood despencou
Por Thyagaraju Adinarayan
30 de Setembro, 2021 | 06:53 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A queridinha de trading dos Estados Unidos não é mais tão popular.

PUBLICIDADE

As métricas de usuários ativos e downloads de aplicativos da Robinhood Markets caíram durante o terceiro trimestre, de acordo com analistas do JPMorgan. Embora a empresa tenha sinalizado anteriormente que a atividade iria enfraquecer, a queda parece muito pior do que o esperado, disseram os analistas.

A combinação de menos trading e receita, além de mais ações da Robinhood chegando ao mercado, significa que os preços estão fadados a cair, escreveram Kenneth Worthington e Samantha Trent do JPMorgan em uma nota na última quarta-feira (29). Eles projetam que as ações da Robinhood podem despencar cerca de 20% até o final do ano.

PUBLICIDADE

“Não vemos o crescimento como sustentável e questionamos a capacidade da empresa de gerar margens competitivas”, escreveram.

Um porta-voz da empresa não estava disponível para comentar o caso.

Veja mais: Seria Robinhood a próxima meme stock após IPO de US$ 32 bi?

Os downloads do aplicativo da Robinhood, um proxy para aberturas de contas, caíram 78% no terceiro trimestre em comparação com o segundo, disseram analistas do banco, citando dados de rastreamento da Apptopia, monitoradora de aplicativos. É possível comparar o número a uma queda de cerca de 50% para Binance, Coinbase e outros aplicativos de criptomoedas que também surfaram na onda do trading.

O número de usuários ativos diários caiu 40% durante o período, em comparação com 23% para outras empresas do setor e 30% para a Schwab, disseram.

PUBLICIDADE

“Robinhood é especialmente dependente das transações para obter receita, o declínio em usuários ativos diários pode ter um impacto negativo mais acentuado”, escreveram os analistas.

As ações da Robinhood já foram prejudicadas este ano por preocupações com uma desaceleração no trading. As ações despencaram em agosto, depois que a empresa alertou sobre os resultados do terceiro trimestre. Elas ainda subiram cerca de 13% desde a abertura do capital em julho.

O JPMorgan tem uma opinião mais bearish da Robinhood que outros em Wall Street. Entre os analistas monitorados pela Bloomberg, o banco é o único com recomendação de venda.

Veja mais em bloomberg.com