PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Brasil

Guedes promete privatizar Petrobras em dez anos

Promessa de Guedes vem no momento em que Bolsonaro aparece atrás nas pesquisas de opinião para a reeleição e enfrenta pressão crescente para reduzir os preços dos combustíveis

Paulo Guedes, ministro da Economia, promete privatizar estatais
Por Martha Beck e Peter Millard
27 de Setembro, 2021 | 06:39 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O Brasil planeja privatizar a estatal Petrobras dentro de uma década, como parte de um esforço mais amplo para tornar o país mais competitivo, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, na segunda-feira. As ações subiram.

A promessa de Guedes, um entusiasta do livre mercado, vem no momento em que o presidente Jair Bolsonaro aparece atrás nas pesquisas de opinião para a reeleição no ano que vem e enfrenta uma pressão crescente para reduzir os preços dos combustíveis, mesmo com a alta do petróleo. Bolsonaro disse anteriormente que, embora seu governo esteja procurando maneiras de lidar com o aumento dos preços dos combustíveis, ele não pode tomar decisões dentro da Petrobras. Ele também reiterou o apoio a Guedes.

PUBLICIDADE

O CEO da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, falando em uma coletiva de imprensa separada na segunda-feira, também fez comentários amigáveis aos investidores, prometendo continuar ajustando os preços dos combustíveis aos níveis internacionais. A privatização da Petrobras, assim como o banco estatal Banco do Brasil, protegeria as empresas da interferência política. Apesar de nomear um ex-general para dirigir a Petrobras, o governo de Bolsonaro permitiu que a empresa fosse administrada de forma independente.

“Qual é o plano para os próximos 10 anos? Continuar com as privatizações. Petrobras, Banco do Brasil, todo mundo entrando na fila, vendendo e se transformando em dividendo social “, disse Guedes.

Guedes, que vem defendendo a privatização da Petróleo Brasileiro SA, como é formalmente chamada a produtora de petróleo, fez os comentários durante evento online promovido pela Câmara de Comércio Internacional. Silva não comentou a privatização e destacou o valor dos dividendos que a empresa está pagando ao governo, que podem aumentar neste ano.

PUBLICIDADE

A Petrobras tem ações negociadas publicamente na bolsa, mas o governo detém a maioria das ações com direito a voto.

As ações preferenciais da Petrobras subiram 0,9%, para R$ 27,14 em São Paulo, após um dia difícil de negociações com os comentários de Guedes e de Luna. Os recibos de depósito americano da empresa aumentaram 1,5% em Nova York.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Vacina da Pfizer contra Covid é segura para adolescentes

Defensores da ivermectina elevam uso não comprovado para Covid

Presidente da Caixa testa positivo para Covid após viagem aos EUA

PUBLICIDADE