Negócios

Banco PAN faz aquisição de plataforma para elevar financiamento de carro e moto

Controlada pelo BTG Pactual, instituição compra Mobiauto e cita apetite para ampliar sua estratégia digital no segmento automotivo

Em agosto, Brasil registrou alta no financiamento de carros
13 de Setembro, 2021 | 12:43 pm
Tempo de leitura: 3 minutos

São Paulo — O Banco PAN, controlado pelo BTG Pactual, espera aumentar sua participação no financiamento de veículos leves e motos com a aquisição da Mobiauto, plataforma digital para comercialização de veículos no Brasil. O negócio, anunciado nesta segunda-feira (13), foi fechado com a compra de 80% das quotas da empresa, criada em 2019, que funciona como classificados de carros. O valor do negócios não foi divulgado.

“A aquisição da Mobiauto amplia a oferta de produtos e serviços na nossa plataforma. Vamos seguir investindo em tecnologia para oferecer aos nossos clientes a melhor e mais completa experiência”, disse Carlos Eduardo Guimarães, CEO do Banco PAN, em comunicado.

O CEO da Mobiauto, Sant Clair de Castro Júnior, também se manifestou sobre a transação. “Nessa nova fase, vamos ampliar nossa capilaridade, contando com toda a infraestrutura do banco para ofertar nossas soluções para seus mais de 12 milhões de clientes e 19 mil lojistas parceiros em todo território nacional”, disse.

Veja mais: Warren anuncia aquisição da corretora e distribuidora Renascença

PUBLICIDADE

Em comunicado, o Banco PAN diz que a Mobiauto registra 4,6 milhões de acessos por mês e está estruturada em três principais linhas de negócio: classificados online e Revista Mobiauto; plataforma de gestão one stop shop, com soluções para lojistas e concessionárias como integrador web, CRM, ERP, Site white label, call tracking, entre outros; e plataforma de repasse B2B, que conecta revendas, concessionárias, locadoras e bancos na desmobilização de veículos.

“Esse é um movimento natural considerando o aumento da digitalização dos hábitos de consumo. Estamos trabalhando para que, cada vez mais, o cliente encontre em nossa plataforma tudo o que ele precisa. Não queremos financiar um carro apenas. Queremos engajar esse cliente a continuar com a gente ao longo dos anos”, afirmou Alex Sander Gonçalves, diretor comercial e de produtos do Banco PAN.

Financiamento em alta

Em agosto, as vendas financiadas de veículos somaram 527 mil unidades, entre novos e usados, segundo dados da B3. O número, que inclui autos leves, motos e pesados em todo o país, representa aumento de 4,6% se comparado a agosto de 2020, quando os financiamentos de veículos somaram 504 mil unidades.

A B3 opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), a maior base privada do país, que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil.

PUBLICIDADE

Segundo a B3, os financiamentos de veículos usados tiveram aumento de 9,7%, enquanto os financiamentos de veículos novos registraram queda de 6,4%, se comparado ao mesmo mês do ano passado, seguindo o reflexo da redução das vendas ainda afetada pela escassez mundial de semicondutores. No segmento de autos leves, a redução nas vendas a crédito de veículos novos foi ainda maior, queda de 19,7% em relação a agosto de 2020.

Veja mais: IPCA avança 0,87% em agosto, puxado por alta dos combustíveis

Já o segmento de veículos pesados teve 31,6% de aumento nos financiamentos, em comparação a agosto do ano passado, com relevante crescimento para os veículos novos, aumento de 55,1% no período.

“Apesar do aumento nos números gerais, permanece a tendência de queda na compra de novos e aumento de financiamentos de veículos usados, principalmente para autos leves com maior tempo de uso”, disse Tatiana Masumoto Costa, superintendente de planejamento da B3. Em comparação com agosto de 2020, as vendas a crédito de veículos leves entre 9 e 12 anos de uso cresceram 34,3% e as de veículos com mais de 12 anos de uso registraram 90% de aumento.

No acumulado de 2021, até agosto, as vendas dos veículos financiados somaram 4 milhões unidades, entre novas e usadas, o que representa crescimento de 20,4% em relação ao ano de 2020 e equivale a 671 mil unidades a mais.

Leia também

PUBLICIDADE

Ibovespa deixa tensões em segundo plano e começa semana em alta

Petrobras sofre ofensiva judicial de 12 estados e DF sobre alta da gasolina

Estudo indica que maioria das pessoas não precisa de dose extra

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE