PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Green

Braskem fecha acordo para produção de ‘polímeros verdes’ na Tailândia

Petroquímica baiana assina memorando com a SCG Chemical para abrir uma unidade na Tailândia e investir em produtos de fontes renováveis, em vez de fontes fósseis

Braskem diz que objetivo de projeto na Tailândia é desenvolver mais soluções sustentáveis em economia circular
09 de Setembro, 2021 | 10:11 am
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — A petroquímica baiana Braskem decidiu se unir com a tailandesa SCG Chemical para realizar estudos de viabilidade e investir em conjunto em uma nova planta de desidratação de bioetanol na Tailândia, um projeto que visa aumentar a oferta dos chamados “polímeros verdes”, produtos químicos provenientes de fontes renováveis, como o álcool da cana, em vez de fontes fósseis.

PUBLICIDADE

A companhia brasileira divulgou, nesta quinta-feira (9), que sua subsidiária, a Braskem Netherlands, assinou um memorando de entendimento com uma das maiores empresas petroquímicas integradas do país asiático.

Veja mais: Oferta de ações da Braskem volta à mesa para saída de acionistas

PUBLICIDADE

A nova unidade, caso o projeto seja implementando, deverá ser aberta na cidade de Map Ta Phut, em Rayong, na Tailândia, dentro do complexo petroquímico da SCG Chemicals, com o objetivo de produzir as resinas bioteno e polietileno (PE) da marca “I’m Green bio-based”.

“A Braskem contribuiria com sua tecnologia e know-how no processo de desidratação de etanol e experiência em marketing de PE I’m Green™ bio-based, enquanto a SCG Chemicals utilizaria suas unidades de PE e expertise de produção para fabricar o PE I’m Green™ bio-based para o projeto, além de contribuir com seu conhecimento do mercado de PE na Ásia”, informou a Braskem.

Veja mais: Escrutínio para fundos de ESG aumenta com explosão de greenwashing

A petroquímica baiana acrescentou que o projeto está alinhado aos seus objetivos de “neutralidade de carbono até 2050, de diversificar e expandir a pegada industrial, reforçar a liderança global em biopolímeros e desenvolver mais soluções sustentáveis em economia circular”.

A SCG Chemical fixou, segundo a Braskem, uma meta de atingir um volume de vendas de polímero verde de 200 mil toneladas até 2025.

PUBLICIDADE

Leia também

IPCA avança 0,87% em agosto, puxado por alta dos combustíveis

Principal do dia: exterior segue negativo com cautela por retomada econômica

Ouro acelera alta com preocupação por retomada global

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.