PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cripto

Binance.US fecha rodada de financiamento com ‘investidores respeitáveis’ nos EUA

Segundo o CEO, a Binance.US também pretende abrir capital em um futuro não muito distante: “É apenas uma questão de tempo”

Exchange terá tabela de capitalização diversificada
Por Olga Kharif
20 de Agosto, 2021 | 10:49 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Binance.US espera fechar uma rodada de financiamento em breve, segundo o CEO da Binance, Changpeng Zhao, à Bloomberg.

PUBLICIDADE

“Há um interesse significativo de investidores de alto nível, e eles esperam fechar uma rodada em breve”, disse Zhao.

A Binance.US, exchange que atende aos investidores dos Estados Unidos, “terá uma tabela de capitalização diversificada com investidores de renome e um conselho independente com governança adequada, incluindo a adição de novos investidores externos e membros independentes”, afirma Zhao.

PUBLICIDADE

Veja mais: Exchange de cripto Binance interrompe novas contas de futuros de Hong Kong

A rodada de financiamento vem logo após o recém-contratado CEO da Binance.US, Brian Brooks, renunciar à empresa. O New York Times noticiou anteriormente que Brooks estava procurando arrecadar pelo menos US$ 100 milhões de investidores.

A Binance também está sendo investigada por várias agências regulatórias em todo o mundo. Apesar disso, Zhao disse que espera levar adiante o processo de tornar a Binance.US público. A rival Coinbase Global Inc. abriu o capital no início deste ano e uma série de outras exchanges de criptomoedas consideram ação semelhante, com cada vez mais pessoas interessadas em cripto.

“Binance.US também pretende abrir capital em um futuro não muito distante”, afirma Zhao. “É apenas uma questão de tempo.”

Embora a Binance.US afirme ser independente da Binance, a maior exchange de cripto do mundo, a estrutura exata de propriedade não está clara.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Coinbase fará parceria com MUFG para lançamento no Japão

Petróleo despenca para menor valor desde maio após Fed expressar intenção de encerrar estímulos

Facebook é alvo de novo caso antitruste nos EUA