PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

Etna culpa pandemia por reduzir presença no Nordeste e fechar lojas físicas

Varejista vai encerrar atividades nas capitais do Ceará e de Pernambuco, mantendo apenas a unidade da Bahia na região

Com a redução de clientes por conta da pandemia do novo coronavírus, Etna vai encerrar atividades em Fortaleza e Recife
18 de Agosto, 2021 | 05:11 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — A Etna, varejista do segmento de casa e decoração, decidiu reduzir sua presença no Nordeste, fechando lojas físicas nas capitais de dois estados da região (Ceará e Pernambuco) e atribuindo a medida aos efeitos da pandemia da Covid-19.

PUBLICIDADE

Veja mais: Gigantes chinesas Xiaomi e AliBaba anunciam expansão no varejo brasileiro

A empresa informou que, a fim de encerrar as atividades, os clientes de Fortaleza (CE) e Recife (PE) podem continuar realizando suas compras pelos canais digitais, como site e WhatsApp, já que as entregas de produtos são realizadas para todo o Brasil. A previsão de fechamento das lojas é para o mês de setembro, sem dia definido ainda.

PUBLICIDADE

Nas duas cidades, a Etna quer zerar os estoques e adotou descontos de até 40% em uma promoção “Bota Fora”. “Com a pandemia da Covid-19, as unidades tiveram seu número de visitantes reduzido e, mesmo após reabertura do comércio pelas autoridades, o fluxo não voltou aos patamares anteriores. Em paralelo a isso, grande parte dos clientes de Fortaleza e Recife optaram em comprar pelo e-commerce da loja, o que favoreceu a decisão da empresa”, informou a empresa.

Veja mais: Dona da marca MMartan e controlada pela Coteminas, AMMO Varejo pede registro de IPO

No Nordeste, a varejista vai manter apenas a loja física de Salvador (BA). A empresa possui ainda 9 lojas no país. Fundada em 2004, a Etna atua no segmento de móveis, decoração, cama, banho, iluminação e utilidades domésticas.

Leia também

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.