Finanças pessoais

Estrategista do Citi alerta para volatilidade em bolsas dos EUA

Para especialista, investidores devem se preparar para perspectiva de redução de estímulos pelo Fed, impostos maiores, margens menores e inflação persistente

Índice S&P 500 registra recordes de alta
Por Kamaron Leach
16 de Agosto, 2021 | 03:29 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Tobias Levkovich, estrategista-chefe de renda variável para EUA do Citigroup, alerta que investidores devem se preparar para mais volatilidade diante da perspectiva de redução dos estímulos do Federal Reserve, possibilidade de impostos mais altos, pressões das margens e inflação persistente, forças “às quais o mercado de títulos terá que responder”.

“Estamos um pouco mais cautelosos”, disse Levkovich em entrevista à Bloomberg TV, acrescentando que esses quatro potenciais problemas “poderiam se espalhar e causar um efeito cascata por volta de setembro”, em meio aos altos preços das ações.

A meta de fim de ano para o índice S&P 500 de Levkovich, de 4.000 pontos, mostra sua visão baixista para o cenário atual do mercado. A previsão do estrategista está mais de 10% abaixo do recorde atingido pelo índice na sexta-feira.

Ele não vê um grande impulso econômico com o projeto de lei de infraestrutura de US$ 550 bilhões à espera de aprovação da Câmara dos Deputados, porque “menos de 25% é infraestrutura pura”, disse. “Não é exatamente o fator que vai virar o jogo que as pessoas esperam.”

PUBLICIDADE

Embora alguns investidores estejam preocupados sobre como a turbulência no Afeganistão pode impactar a visão dos investidores, Levkovich não vê isso como ameaça ao mercado.

“Eventos geopolíticos sempre complicam as coisas, e é sempre difícil de prevê-los, embora saibamos que existam riscos lá fora”, avalia. “Não vejo isso necessariamente como uma mudança na agenda do governo.”

Leia mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE