Marcelo Claure se torna sócio de empresa de investimentos em tech Hedosophia

Ex-COO do SoftBank e atual CEO e managing partner da Bicycle Capital fez novo investimento por meio de seu family office, o Claure Group, por valor não revelado

O bilionário Marcelo Claure, ex-executivo do SoftBank Group
Por Gillian Tan
09 de Fevereiro, 2024 | 03:01 PM

Bloomberg — O Claure Group, family office de Marcelo Claure, adquiriu uma participação minoritária na empresa de investimentos focada em tecnologia Hedosophia, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto que falaram à Bloomberg News.

A transação envolve um investimento de menos de 5% tanto na sociedade mais ampla da Hedosophia quanto em sua empresa de gestão, disseram as pessoas, que pediram para não serem identificadas discutindo informações confidenciais. Marcelo Claure se juntará ao conselho da Hedosophia como parte da transação, acrescentaram.

Representantes do Claure Group e da Hedosophia se recusaram a comentar.

LEIA +
Marcelo Claure compra fatia e vira sócio na gestora EB Capital

Com sede em Londres, a Hedosophia investe em empresas de internet e tecnologia.

PUBLICIDADE

Já distribuiu mais de US$ 500 milhões aos investidores no ano passado, impulsionada pelas vendas do desenvolvedor de jogos Scopely para a Savvy Games Group e do Viva Wallet para o JPMorgan Chase (JPM), disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

Fundada em 2012 e liderada pelo CEO Ian Osborne, a Hedosophia tornou-se mais conhecida nos EUA em 2020, quando a empresa se associou à Social Capital de Chamath Palihapitiya para levantar uma série de empresas de aquisição de propósito específico (SPACs).

Algumas das SPACs da Social Capital Hedosophia se fundiram com alvos para formar a Clover Health Investments, a Opendoor Technologies e a SoFi Technologies.

PUBLICIDADE

A empresa, que possui escritórios em Los Angeles e Pequim, apoiou empresas como Cvent Holding, Nextdoor, Velo3D, ironSource e N26, de acordo com registros e dados da PitchBook.

Claure: múltiplas atuações

Claure, ex-COO da SoftBank, tem ligações com várias outras empresas de gestão de ativos. Em dezembro, concordou em retornar ao Open Opportunity Fund como co-proprietário, vice-presidente e managing partner.

Ele também é managing partner e CEO da Bicycle Capital, uma gestora de VC que fundou com foco em startups em estágio de growth que é co-liderada por Shu Nyatta, também ex-SoftBank.

Claure também possui separadamente uma participação na gestora brasileira eB Capital, em que também é managing partner e vice-presidente.

E é presidente do conselho da Shein para a América Latina e VP global.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE

Marcelo Claure é nomeado vice-presidente executivo global da Shein

Depois de Nadal e Brady, Marcelo Claure vira sócio de equipe de barcos elétricos

André Esteves e David Vélez, do Nubank, investem em novo fundo de Marcelo Claure