Na Ambev, a Black Friday também foi de recordes de vendas para o Zé Delivery

Aplicativo de entregas de bebidas alcançou recorde de 5,6 milhões de usuários ativos em novembro, superior à marca na Copa do Mundo do Catar; GMV subiu 70% na sexta (24)

Dark store do Zé Delivery, plataforma de delivery de bebidas da Ambev (Foto: Divulgação)
29 de Novembro, 2023 | 05:47 PM

Bloomberg Línea — A Black Friday deste ano foi de mixed feelings para o varejo, a indústria e as grandes marcas do país. Uma empresa que teve motivos para celebração foi a Ambev com vendas recordes por meio do Zé Delivery, a sua plataforma de delivery de cervejas, vinhos e destilados para consumidores, segundo informações divulgadas em primeira mão pela Bloomberg Línea.

O GMV (volume bruto transacionado na plataforma) do Zé Delivery cresceu 22% em novembro em comparação ao mesmo período do ano passado. A Ambev não abriu os dados financeiros.

Só na sexta-feira (24) da Black Friday, o crescimento do GMV foi de 70% na base anual. O aplicativo que dá acesso à plataforma também registrou seu recorde de usuários ativos na plataforma: 5,6 milhões de consumidores durante o mês de novembro, cerca de 4% acima do nível histórico atingido pelo serviço durante a Copa do Mundo do Catar em 2022.

“Além de cerveja, hoje temos mais de cem marcas de diferentes indústrias, com opções que vão de destilados, vinhos e snacks até soluções completas para o churrasco, como carvão e carnes”, disse o VP do Zé Delivery, Fernando Mazzarolo, à Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE

“Nossa campanha para a Black Friday focou em lembrar o consumidor que ele poderia fazer seu estoque de bebidas para as festas de fim de ano com muito mais conveniência e conforto, sem filas nem tumulto, recebendo tudo na porta de casa”, explicou o executivo.

O maior grupo de cervejas do país e da América do Sul (ABEV3), portanto, continua a ampliar os canais de distribuição para além dos tradicionais do varejo - por meio de bares, restaurantes e supermercados -, com números de expansão de dois dígitos em sua plataforma própria.

A Ambev tem conseguido também ampliar o tíquete médio dos pedidos no Zé Delivery, que subiu 12% no terceiro trimestre deste ano no Brasil, segundo dados do balanço.

PUBLICIDADE

O resultado para a Black Friday foi impulsionado por ações como uma série de descontos em produtos como cervejas, vinhos e destilados. O app do Zé Delivery também ofereceu aos usuários que compraram durante a data um cashback de 50% para gastar durante esta semana.

Além das cervejas, a empresa registrou aumento da procura por destilados. Na sexta passada, as vendas da categoria foram 72% maiores na comparação com a mesma data no ano anterior. Gin e uísque foram destaques, com aumentos de 70% e 131%, respectivamente.

Uma novidade foi o lançamento em São Paulo de uma nova modalidade de entrega, chamado de NextDay Delivery, em que as bebidas são vendidas com desconto extra e uma taxa de entrega mais barata. Em novembro, essa modalidade representou 2,5% na área em que foi oferecida.

Leia também

Na Ambev, é hora de avisar que o ‘dinossauro’ está conseguindo se reinventar

SYN avança na gestão de shopping e vai além do aluguel. Falta convencer o mercado

Quem ganhou e quem perdeu com a Black Friday no Brasil, segundo dados do e-commerce

Marcelo Sakate

Marcelo Sakate é editor-chefe da Bloomberg Línea no Brasil. Anteriormente, foi editor da EXAME e do CNN Brasil Business, repórter sênior da Veja e chefe de reportagem de economia da Folha de S. Paulo.