Minério de ferro ensaia recuperação e Citi vê preço a US$ 130 em três meses

A cotação da matéria-prima siderúrgica caiu cerca de 10% em fevereiro, a maior queda mensal desde abril do ano passado

Minério de ferro ensaia recuperação e Citi vê preço a US$ 130 em três meses
Por Bloomberg News
29 de Fevereiro, 2024 | 11:21 AM

Bloomberg — O minério de ferro ensaiou uma recuperação depois da queda para a cotação mais baixa desde outubro, em meio a incertezas sobre as perspectivas econômicas da China.

Os futuros da matéria-prima em Singapura subiram 0,6% nesta quinta-feira (29), para US$ 116,70 a tonelada, e chegaram a atingir mais de US$ 118 no início da sessão.

A cotação caiu cerca de 10% em fevereiro, a maior queda mensal desde abril do ano passado.

Os investidores ficaram mais cautelosos em relação às perspectivas para a atividade siderúrgica na China. Mas o mercado ainda tem potencial de alta se o governo em Pequim implementar políticas mais decisivas para enfrentar a crise imobiliária do país, segundo o Citigroup (C).

PUBLICIDADE

“Qualquer medida potencial poderia tornar o sentimento positivo e apoiar os preços”, escreveram analistas do banco. O Citi prevê que o minério de ferro se recupere para US$ 130 a tonelada nos próximos três meses.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

PUBLICIDADE

Aperto no crédito abre espaço para expansão de empréstimos com fornecedores

ETF de bitcoin da BlackRock capta recorde de US$ 520 mi em um único dia