Minério de ferro avança com melhora de sentimento no mercado chinês

Cotação do principal produto da Vale subiu 3% nesta quinta-feira em Singapura diante de expectativas sobre mais medidas de estímulos de Pequim

Carregamento de minério de ferro
Por Liz Ng "Liz" e Winnie Zhu
08 de Fevereiro, 2024 | 09:57 AM

Bloomberg — O minério de ferro, principal produto da Vale (VALE3), foi negociado em forte alta nesta quinta-feira (7) em Singapura, em meio a uma série de notícias que melhoraram o sentimento em relação às ações chinesas e à demanda por aço.

Os futuros da matéria-prima saltaram até 3%, para US$ 128,75 a tonelada.

LEIA +
Localiza: os riscos aos negócios que entraram no radar de bancos de Wall Street

“A melhora do sentimento macro está ajudando a impulsionar o mercado”, disse Wei Ying, analista da China Industrial Futures.

Novas medidas de apoio para estancar a queda das bolsas chinesas, juntamente com a substituição do chefe da agência reguladora de valores mobiliários da China parecem ter ajudando a desacelerar o declínio, acrescentou ela.

PUBLICIDADE

Enquanto isso, mais cidades têm afrouxado as restrições às compras de imóveis. Shenzhen foi o caso mais recente após o distrito de Tongzhou, em Pequim, no início desta semana.

Do lado da oferta, os embarques de minério de ferro da Austrália totalizaram 12,3 milhões de toneladas na semana encerrada em 26 de janeiro, abaixo dos quase 16 milhões na semana anterior, segundo dados da Marcura compilados pela Bloomberg.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE

Leia também

Bradesco terá evolução gradual, sem apostar em ‘bala de prata’, diz novo CEO

Petrobras enfrenta desafio de recompor reservas a longo prazo

Empresas e bancos mudam planos de captação com restrição do CMN a títulos isentos