Ibovespa sobe em linha com NY mesmo com payroll acima do esperado; Petrobras tem alta

Petróleo em recuperação fez com que ações de Petrobras, PRIO e PetroRecôncavo tivessem fortes altas no pregão; na semana, porém, índice Ibovespa encerra no negativo

Afterhours
08 de Dezembro, 2023 | 06:31 PM

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) encerrou o pregão desta sexta-feira (8) com alta de 0,86%, aos 127.093 pontos. Na semana, porém, o índice teve perdas de 0,78%. Os mercados na Europa e em Nova York também tiveram ganhos, o que contribuiu para o desempenho positivo no mercado doméstico.

O dólar subiu 0,52%, a R$ 4,93. A cotação máxima alcançada no dia foi de R$ 4,93, enquanto a mínima bateu em R$ 4,90. Neste ano, o dólar acumula queda de 6,71% em relação ao real.

Dados de emprego nos Estados Unidos acima do esperado indicam que a economia americana não está à beira de uma recessão, apesar dos juros elevados. Os EUA criaram 199.000 vagas de emprego em novembro, segundo o relatório de folha de pagamento (payroll) divulgado nesta sexta pelo departamento de estatísticas do país, mostrando que o mercado de trabalho americano continua resiliente.

O resultado veio acima do esperado por economistas do mercado financeiro. A taxa de desemprego, por sua vez, desacelerou de 3,9%, em outubro, para 3,7% em novembro. Estimativa mediana em pesquisa da Bloomberg apontava para a criação de 185.000 vagas no último mês e taxa de desemprego de 3,9%.

PUBLICIDADE

Na bolsa brasileira, a recuperação do petróleo contribuiu para altas do setor e das ações da Petrobras (PETR3; PETR4), cujos papéis preferenciais subiram 3,20%. A PRIO (PRIO3) liderou as altas do índice, subindo 5,40%. Cosan e Grupo Pão de Açúcar também foram destaques positivos.

A Vale (VALE3) e os grandes bancos também subiram, com destaque para os papéis do Bradesco, que tiveram alta de 1,98%.

No sentido negativo, Casas Bahia, Magazine Luiza e as companhias aéreas Azul e Gol tiveram baixas relevantes no índice.

PUBLICIDADE

Nos Estados Unidos, o índice S&P 500 atingiu o patamar mais alto de 2023 neste pregão, com alta de 0,41%, a 4.604 pontos. O Dow Jones subiu 0,36% e o Nasdaq avançou 0,45%.

Ao mesmo tempo que o payroll indicou que a economia americana se mostra resistente, o mercado de trabalho mais aquecido diminuiu as expectativas de que o Federal Reserve corte os juros no primeiro semestre, fazendo com que os rendimentos dos títulos do Tesouro subissem. Esta é a sexta semana consecutiva de ganhos – a mais longa série de altas desde novembro de 2019.

Os investidores se preparam para mais uma semana movimentada, com a divulgação do índice de inflação ao consumidor e das vendas no varejo dos EUA. A última reunião do ano do Federal Reserve será na quarta-feira.

É amplamente esperado que os diretores do Fed mantenham os custos dos empréstimos no nível mais alto em duas décadas na quarta-feira.

As ações do Ibovespa com melhor desempenho no pregão foram:

PRIO SA/Brazil (PRIO3) subiu 5,40%

Cia Brasileira de Distribuicao (PCAR3) subiu 4,66%

PUBLICIDADE

Cosan SA (CSAN3) subiu 3,78%

E as de pior desempenho foram:

Azul SA (AZUL4) caiu 3,98%

CVC Brasil Operadora e Agencia de Viagens SA (CVCB3) caiu 4,28%

PUBLICIDADE

Magazine Luiza SA (MGLU3) caiu 4,87%

-- Com informações da Bloomberg News

-- Com Automação da Bloomberg

Leia também

PUBLICIDADE

O que esperar para os mercados com a posse de Milei na Argentina

Para Hartnett, do BofA, queda dos yields nos EUA pode ter efeito negativo sobre ações

Victor Sena

Editor assistente na Bloomberg Línea. Formado em Jornalismo pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Especializado em cobertura de economia.