Ibovespa recua com IPCA-15 acima das expectativas do mercado e ata do Copom

Principal índice de ações da bolsa brasileira tinha perdas, após fechar no vermelho no pregão anterior

Ibovespa operava em queda na abertura das negociações nesta terça-feira (26)
26 de Março, 2024 | 10:59 AM

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) operava em queda na abertura das negociações nesta terça-feira (26). O principal índice da bolsa de valores brasileira caía 0,20% aos 126.682,47 pontos, por volta das 10h40, no horário de Brasília.

Investidores reagem à divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que veio acima do esperado pelo mercado em março, e à ata do Comitê de Política Monetária (Copom).

O dólar, por sua vez, era negociado a R$ 4,98, com alta de 0,18% no mesmo horário.

Mais cedo, o IPCA-15 foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e apresentou uma desaceleração para 0,36% em março, de 0,78% em fevereiro.

PUBLICIDADE

Economistas do mercado estimavam alta de 0,30% na comparação mensal e de 4,09% no acumulado em 12 meses, segundo a mediana de projeções compiladas pela Bloomberg.

A ata do Copom, por sua vez, indicou uma política monetária contracionista até que os processos de desinflação e de ancoragem das expectativas estejam consolidados.

Segundo os membros do Copom, a conjuntura atual “demanda serenidade e moderação na condução da política monetária”, o que, segundo avaliações preliminares do mercado, corrobora a mudança no comunicado junto com a decisão da semana passada que indica um novo corte de 0,50 ponto percentual na próxima reunião em maio, mas não necessariamente nas seguintes.

PUBLICIDADE

Os papéis de maior valorização eram:

  • Sao Martinho S/A (SMTO3), com 3,92%
  • Suzano SA (SUZB3), com 1,96%
  • Cia Brasileira de Distribuicao (PCAR3), com 1,67%

Já os de pior desempenho eram:

  • Assaí (ASAI3), com -1,38%
  • Totvs (TOTS3), com -4,37%
  • Grupo Casas Bahia SA (BHIA3), com -6,97%

As ações mais negociadas nesta manhã eram:

No pregão ontem, 25 de março, o Ibovespa fechou no vermelho, com queda de -0,08%, aos 126.931 pontos. O volume das negociações ficou em R$ 806.051.000.

As ações com as maiores altas foram: 3R PETROLEUM OLEO E GAS SA (RRRP3), com +3,47%; Petroreconcavo S/A (RECV3), com +2,87%; Natura (NTCO3), com +2,24%.

As de maior queda foram: Vivo (VIVT3), com -2,84%; Grupo Casas Bahia SA (BHIA3), com -2,94%; CCR SA (CCRO3), com -3,20%.

No ano, o Ibovespa acumulava queda de 5,41% até o pregão anterior.

PUBLICIDADE

Os mercados nesta manhã (10h40, horário de Brasília):

  • Ibovespa -0,18%
  • Dólar 0,17%
  • Euro 0,31%
  • Bitcoin -1,03%

--- Conteúdo elaborado com auxílio de dados automatizados da Bloomberg