Ibovespa fecha a semana com ganhos; em NY, S&P 500 e Nasdaq renovam recordes

Índice brasileiro fechou praticamente estável nesta sexta, com alta de 0,08%, aos 126.267 pontos, e avançou 1,91% na semana; dólar recuou para R$ 5,46

After Hours
05 de Julho, 2024 | 06:40 PM

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) fechou praticamente estável, com uma alta de 0,08%, nesta sexta-feira (5), aos 126.267 pontos, o que levou o resultado da semana a um ganho de 1,91%. Nos Estados Unidos, o S&P 500 e o Nasdaq Composite renovaram recordes de fechamento em dia de divulgação do payroll, o relatório do mercado de trabalho, que apresentou números mistos em junho.

O volume financeiro alcançou R$ 19,8 bilhões. O dólar (USDBRL) caiu 0,46%, para R$ 5,46 no fim do pregão.

Entre os ativos do Ibovespa, a ação preferencial da Petrobras (PETR4) terminou a sexta em alta de 0,54%, enquanto a Vale (VALE3) caiu 0,41% com a queda do minério de ferro.

As ações de Enauta (ENAT3) e 3R Petroleum (RRRP3) subiram, respectivamente, 3,59% e 2,40% com a aprovação da fusão entre empresas pelo Cade.

PUBLICIDADE

Na outra ponta, o papel do Banco do Brasil (BBAS3) recuou 0,45%. Já as ações do Itaú (ITUB4) e do Bradesco (BBDC4) tiveram altas de 0,06% e 1,14%.

As ações da Azul (AZUL4) e da Gol (GOLL4) subiram 5,38% e 11,32%, respectivamente, em dia de notícia do Valor Econômico de que a primeira estaria mais perto de apresentar uma oferta pela concorrente.

Mercados internacionais

Nos Estados Unidos, o mercado de ações terminou a semana em patamares máximos históricos, com os traders ignorando sinais de desaceleração na maior economia do mundo para se concentrar nas perspectivas de cortes nas taxas de juros do Federal Reserve.

Em uma sessão pós-feriado - do Dia da Independência - marcada por baixo volume, o S&P 500 registrou seu 34º recorde neste ano.

As ações se recuperaram na sessão após uma série de reviravoltas com a divulgação de dados que mostraram que a criação de vagas EUA desacelerou em junho à medida que a taxa de desemprego atingiu o nível mais alto desde 2021, ainda que tenha ficado acima das expectativas do mercado.

Os rendimentos dos títulos do Tesouro caíram. Os swaps projetaram totalmente dois cortes do Fed em 2024, começando em novembro — e as apostas de Wall Street aumentaram em torno de um corte de taxa em setembro.

O S&P 500 fechou aos 5.567 pontos. O Nasdaq 100 subiu 1,02%. A Meta (META) saltou quase 6%.

PUBLICIDADE

Os rendimentos dos títulos do Tesouro de 10 anos caíram oito pontos base para 4,28%.

-- Com informações da Bloomberg News.