Estrangeiro alimenta rali e coloca Ibovespa perto de abaixo de fechamento recorde

Investidores de fora adicionaram R$ 12,4 bilhões em ações brasileiras neste mês até o dia 20, no que caminha para ser o maior fluxo líquido mensal desde janeiro

B3
Por Vinícius Andrade
22 de Novembro, 2023 | 12:42 PM

Bloomberg — As ações brasileiras rumam para o maior ganho anual desde 2019, com o otimismo de que as taxas de juros continuarão a cair na maior economia da América Latina, ao mesmo tempo em que também irão parar de subir nos Estados Unidos.

Ganhos adicionais podem surgir à medida que a entrada de recursos estrangeiros finalmente ganha tração.

O Ibovespa (IBOV) está apenas cerca de 4% abaixo do seu fechamento recorde e se beneficiou do fato de os investidores globais terem voltado a ser compradores líquidos no mercado doméstico.

Estrangeiro alimenta rali do Ibovespadfd

Estrangeiros adicionaram R$ 12,4 bilhões em ações brasileiras neste mês até o dia 20, no que caminha para ser o maior fluxo líquido mensal desde janeiro. O movimento também interrompeu três meses consecutivos de saídas.

PUBLICIDADE

A expectativa de que o pior já tenha passado para as empresas brasileiras – que sofreram com juros de dois dígitos e consumidores endividados – também impacta as empresas menores.

O fundo de índice (ETF) iShares MSCI Brasil Small Cap recebeu a maior entrada diária desde agosto no início deste mês, enquanto as estimativas de lucro por ação para os próximos 12 meses do Ibovespa também foram revisadas para cima nas últimas quatro semanas.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

De olho no consumo, grupo canadense reforça a aposta em shoppings e galpões

Larry Summers está entre novos membros do conselho da OpenAI após retorno de Altman