Dólar hoje: moeda americana abre em alta com investidores de olho em dados econômicos

Divulgação do PIB do terceiro trimestre no Brasil e do relatório de empregos nos EUA nesta semana tendem a influenciar o mercado

Dólar hoje: moeda americana abre em alta com investidores de olho em dados econômicos
04 de Dezembro, 2023 | 09:41 AM

Bloomberg — O dólar abriu em alta no início das negociações na manhã desta segunda-feira (4). A moeda americana era cotada a R$ 4,89, com valorização de 0,25%, às 09h38 (horário de Brasília).

No pregão anterior, o dólar encerrou as negociações cotado a R$ 4,88, com queda de 0,76%. O valor máximo chegou a R$ 4,94, e o mínimo foi de R$ 4,87.

Os investidores repercutem nesta segunda-feira (4) na divulgação do relatório Focus, que mostrou leve alta nas projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2023 e 2024.

Nesta semana, diversos indicadores econômicos serão publicados. No Brasil, o Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre será divulgado na terça-feira (5). Já nos Estados Unidos, o destaque da semana fica para o relatório de empregos (payroll), divulgado na sexta-feira (8).

PUBLICIDADE
LEIA +
Como a descoberta de um estudante abalou o mercado de títulos nos EUA

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, recuou na sexta-feira (1º) contra as expectativas de cortes de juros no primeiro semestre de 2024. Segundo ele, os formuladores de políticas esperam manter as taxas de juros inalteradas quando se reunirem nos dias 12 e 13 de dezembro, concedendo a si mesmos mais tempo para avaliar a economia após elevarem agressivamente as taxas de juros de quase zero em março de 2022 para acima de 5% em julho.

No cenário corporativo, a privatização da Sabesp avança com a chegada nesta segunda do projeto do governador Tarcísio de Freitas à Assembleia Legislativa de São Paulo. Após a discussão, começa o encaminhamento e em seguida a votação propriamente dita, o que pode levar uns dois dias, na expectativa do relator da proposta, Barros Munhoz.

Neste ano, o real acumula alta de 7,28% em relação ao dólar. O valor máximo foi registrado no dia 3 de janeiro, quando a cotação do dólar atingiu R$ 5,46. Já a mínima foi de R$ 4,73 no dia 31 de julho. A cotação média do dólar no período foi de R$ 5,00.

PUBLICIDADE

Neste ano, a moeda brasileira ocupa a posição número 4 em uma cesta das 23 moedas de mercados emergentes com maior valorização.

A moeda com o maior desempenho no ano é o peso colombiano, com variação de 18,29%. Já a divisa com o menor desempenho é o peso argentino, que variou -103,83%.

As moedas latino-americanas tiveram o seguinte desempenho até o momento no ano:

  • O peso colombiano (COP) se valoriza em 18,29%
  • O sol peruano (PEN) se valoriza em 1,92%
  • O peso mexicano (MXN) se valoriza em 11,86%
  • O peso chileno (CLP) se desvaloriza em 0,94%
  • O peso argentino (ARS) se desvaloriza em 103,83%

Já o Ibovespa subiu 0,67% no fechamento de última sexta-feira 1 de dezembro, aos 127.331,12 pontos.

As ações do Ibovespa com melhor desempenho última sexta-feira 1 de dezembro, foram:

  • Cielo SA (CIEL3) subiu 7,96%
  • Magazine Luiza SA (MGLU3) subiu 7,43%
  • GRUPO DE MODA SOMA SA (SOMA3) subiu 7,37%

E as de pior desempenho foram:

  • PRIO SA/Brazil (PRIO3) caiu 2,96%
  • Suzano SA (SUZB3) caiu 3,76%
  • Braskem SA (BRKM5) caiu 5,85%

- Conteúdo elaborado com auxílio de dados automatizados da Bloomberg.

PUBLICIDADE

Leia também

Ex-Pimco Bill Gross ganha milhões com aposta em queda de juros

Bitcoin amplia rali e alcança os US$ 40.000 pela primeira vez desde maio de 2022