Ex-Pimco Bill Gross ganha milhões com aposta em queda de juros

Principal aposta recai sobre a compra de contratos futuros de SOFR, a taxa interbancária que acompanha de perto a meta do Federal Reserve

Bill Gross, ex-chefe e cofundador da Pimco
Por Edward Bolingbroke
04 de Dezembro, 2023 | 08:13 AM

Bloomberg — Um dos grandes vencedores da forte e súbita queda dos juros no mercado de renda fixa americano foi Bill Gross.

O ex-chefe e cofundador da Pimco pode ter se tornado um player menor em Wall Street hoje em dia, mas acertou em cheio em sua aposta com contratos futuros em outubro.

Gross, como de costume, anunciou no X que estava comprado em futuros de curto prazo de SOFR, a taxa interbancária que acompanha de perto a meta do Federal Reserve. O futuros são precificados como títulos, que se apreciam com o declínio das taxas.

LEIA +
Como a descoberta de um estudante abalou o mercado de títulos nos EUA

Com as apostas crescentes de que o banco central americano reduzirá a taxa básica no primeiro semestre de 2024, o valor da posição disparou.

PUBLICIDADE

Gross, por meio de um porta-voz, confirmou que comprou 3.000 contratos de SOFR para março de 2025. Com base no preço de sexta-feira (1º), a posição, que ainda está ativa, provavelmente já rendeu um ganho de mais de US$ 4 milhões, segundo cálculos da Bloomberg.

Dados de emprego e inflação mais brandos nos Estados Unidos levaram a uma forte queda nas taxas dos Treasuries americanos. O yield de 10 anos despencou cerca de 0,60 ponto percentual no mês.

O mercado agora precifica cerca de 1,1 ponto percentual de flexibilização monetária para 2024, com o primeiro corte em maio, segundo dados da Bloomberg.

PUBLICIDADE
Contratos futuros de SOFR têm se mostrado uma aposta vencedora para traders que precificam cortes à frentedfd

Em seus tempos áureos, Gross era conhecido como “rei” do mercado de Treasuries, quando comandava os investimentos da Pimco, que ele cofundou no início dos anos 70. No auge, seu principal fundo na gigante de investimento tinha US$ 290 bilhões sob gestão.

A aposta de Gross teve um desempenho particularmente bom nos últimos dias. Na quarta-feira (29), o contrato futuro de SOFR para março de 2025 atingiu sua cotação mais alta desde 1º de setembro, a 96,225, o que implica uma taxa de 3.775%. No mercado interbancário, a SOFR está atualmente em 5,33%.

Gross não está sozinho. Os dados mais recentes de apostas dos fundos alavancados americanos mostra uma posição comprada líquida recorde em SOFR.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

Com imóveis de US$ 150 mi, novo condomínio de luxo pode se tornar o mais caro de Miami

Heineken vê maior consumo de cerveja no Brasil e expande a produção, diz CEO